5 dicas para não cair no golpe do boleto falso

Recebeu um boleto e não sabe se o documento é verdadeiro? Saiba que essa dúvida é relativamente comum e pode gerar prejuízos em caso de golpe. Pensando nisso, aproveitando que estamos iniciando a semana do consumidor, confira cinco dicas do Banco Central (BC) para não cair em armadilhas na hora de realizar pagamentos em boleto bancário.

Confira os dados do boleto

Primeiro, é importante verificar os dados do beneficiário do boleto, ou seja, para quem vai o dinheiro após realizar um pagamento. Estes dados devem ser os mesmos de quem vendeu algum produto ou prestou algum serviço.

Um exemplo prático: se você paga mensalmente uma conta de celular, o beneficiário deve estar em nome da sua operadora. Caso note algo errado, pode se tratar de uma tentativa de golpe.

Código de barra falhado? Desconfie

O código de barras de um boleto está com muitos espaços ou não pode ser lido pelo seu celular? Essa é outra estratégia adotada por golpistas para que a vítima entre em contato por algum canal de comunicação listado no boleto e acaba passando os seus dados pessoais ou enviando dinheiro de outra forma aos criminosos.

Evite pagar boletos emitidos fora de sites ou aplicativos oficiais

Golpe do Boleto: boletos bancários
Evite pagar boletos emitidos fora de sites ou apps oficiais. Imagem: Brenda Rocha – Blossom/Shutterstock)

Caso precise da segunda via de uma conta importante, como a fatura de energia ou água da sua residência, vá sempre até o site da concessionária ou utilize um canal oficial de comunicação para obter o seu boleto.

Evite acessar links enviados para o seu celular por meio de aplicativos de terceiros ou boletos de endereços desconhecidos enviados por e-mail. A menos que a prestadora de serviço informe que enviará o documento desta forma até você.

Vale destacar que atualmente muitas empresas possuem canais oficiais de atendimento via WhatsApp por exemplo, o que facilita a vida do consumidor na hora de receber um boleto. No entanto, todo cuidado é pouco!

Leia mais:

Negociação de descontos para pagamentos

É comum que os golpistas entrem em contato por telefone se passando por funcionários de prestadoras de serviço ou empresas de cobrança para oferecer descontos.

Precisa negociar uma dívida ou deseja obter algum desconto? A recomendação do BC é entrar em contato direto com o seu fornecedor de serviço através de algum canal oficial. Ligação de estranhos oferecendo vantagens geralmente é uma cilada!

Como verificar se um boleto é verdadeiro?

Por fim, se ainda não estiver seguro se um boleto que recebeu é realmente verdadeiro, entre em contato com o emissor do documento.

Se estamos falando de um boleto de um banco, por exemplo, outra forma de reforçar a sua autenticidade é a presença da marca e do código da instituição financeira no documento (os primeiros números em destaque logo no início do código de barras).

Os três primeiros dígitos são os que identificam um determinado banco. Você pode simplesmente digitar esse código e efetuar uma pesquisa na internet para cruzar as informações. Se a marca bater com o código do banco está tudo correto, do contrário, pode ser mais uma tentativa de fraude.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post 5 dicas para não cair no golpe do boleto falso apareceu primeiro em Olhar Digital.

Desenvolvido por Direto na Web