5 ferramentas e indicadores cruciais para análise do mercado financeiro

Successful traders. Back view of bearded stock market broker in eyeglasses analyzing data and graphs on multiple computer screens while sitting in modern office. Master Trader

Assim como em qualquer outra área, quem atua no mercado financeiro precisa ter acesso a ferramentas que contribuam para a sua produtividade e otimização do desempenho. Neste caso, são recursos que irão fornecer mais informações dos ativos negociados em bolsa para facilitar as análises de traders que querem ganhar dinheiro com renda variável.

Por isso, neste artigo iremos listar 5 ferramentas efetivas que podem enriquecer as suas análises de mercado e trazer mais eficiência e eficácia nas suas estratégias.

Todas as ferramentas que vamos listar e diversos outros recursos de análise e envio de ordens estão disponíveis no Profit Pro, a plataforma de investimentos mais utilizada por traders profissionais em todo o Brasil.

Faça um teste gratuito e já comece a usar todo o potencial do Profit em suas operações!

Entenda a importância das ferramentas de análise

Analisar o mercado financeiro é uma tarefa com muitas variantes e diferentes pontos de vista, mas uma coisa é certa: hoje em dia é impossível prever a direção do mercado apenas olhando para números crus e sem contexto.

Neste cenário, as ferramentas de análise foram desenvolvidas para auxiliar traders na leitura diária do mercado. Elas fornecem diversas informações ao operador e cada uma delas possui um objetivo específico ao qual foi criada.

Mas lembre-se: a Bolsa de Valores está em constante mudança, por isso é importante não confiar somente em uma ferramenta.

Uma combinação de recursos é importante para a tomada de decisão, assim como a validação de suas entradas. Por outro lado, os operadores financeiros também devem cuidar para não ter uma quantidade muito grande de ferramentas, o que irá prejudicar o seu resultado.

Alinhando as ferramentas certas com o seu método de análise, você poderá potencializar a assertividade das suas entradas, o que consequentemente irá impactar nos seus rendimentos positivamente.

Para lhe ajudar na escolha desses recursos, detalhamos abaixo algumas das ferramentas de análise mais usadas no mercado financeiro.

  1. Livro de Ofertas

O Livro de Ofertas é uma das ferramentas mais conhecidas no mundo do day-trade, onde podemos ver em quais níveis de preço as ordens estão apregoadas, o que permite a você fazer um balanço se há mais ordens de compra ou de venda.

Então, basicamente, podemos ver as intenções de oferta dos players por nível de preço. Com isso, quantificamos o interesse do mercado na compra ou na venda e verificamos em quais níveis de preço há mais intenções de negociação.

traders
Ativo “WINFUT” na ferramenta Livro de Ofertas do Profit

Também podemos usar o Livro de Ofertas para identificar níveis de preço onde há um grande acúmulo de ordens. Isso sugere que as regiões próximas desses acúmulos podem ser encaradas como possíveis zonas de suportes e resistências.

Analisando de forma minuciosa o Livro de Ofertas, é possível também identificar os blefes do mercado. Por exemplo, quando um grande player apregoa uma ordem de compra, de alto volume, abaixo da cotação atual, dando uma falsa impressão de demanda. Então duas situações podem ocorrer:

  • O preço despenca: O grande player pode remover a sua ordem, enfraquecendo a demanda compradora, dando espaço para o preço cair para então comprar em um nível de preço mais interessante.
  • O preço sobe: O mercado pode seguir a falsa impressão de demanda de compra impulsionando o preço para cima. E então o grande player poderá aproveitar a situação para vender os lotes a um preço mais atrativo gerando mais lucro.
  1. VWAP

O VWAP (Volume Weighted Average Price) ou preço ponderado pelo volume é muito similar a uma média móvel, porém, ela é composta por um cálculo diferente. Essa ferramenta considera a média dos preços que foram negociados em um determinado período, sendo esta ponderada pelo volume das negociações que ocorreram nesses níveis de preços.

O VWAP está presente nas estratégias de muitos players, tanto pessoas físicas quanto institucionais, pois permite identificar os principais pontos de liquidez dos ativos no intraday.

traders
Ativo WINFUT no Gráfico do Profit com timeframe de 5 minutos e VWAP destacada em lilás

Em resumo, o recurso VWAP nos mostra os níveis de preço onde ocorrem justamente uma rejeição do preço. Ou seja, podemos encarar a linha deste indicador como uma região de suporte ou resistência, onde o preço encontra dificuldades em passar.

  1. Volume Quantidade

Avaliar o volume das negociações é muito importante para ter uma maior confiança nos movimentos subsequentes do mercado financeiro. Para analisá-lo de forma mais clara, temos o indicador Volume Quantidade que, como o próprio nome já diz, nos mostra a quantidade de lotes ou contratos que foram negociados por um período determinado.

Mas lembre-se: o volume não é a garantia que o preço irá se movimentar. Então, se o volume aumentar, não significa que o preço irá subir, da mesma forma se o volume cair não significa que o preço irá desabar junto.

Por exemplo: imagine que você está em uma feira negociando maçãs e a média das negociações variam de 5 a 10 maçãs por pessoa. De repente chega um novo comerciante querendo comprar 300 maçãs. Um volume destes, muito acima da média negociada, poderia muito bem impulsionar os preços para cima rapidamente.

Porém, enquanto começam as primeiras negociações com esse novo comerciante, um outro chega no local querendo vender 270 maçãs a um bom preço, e então eles fecham negócio.

Analisando externamente, tivemos um grande aumento no volume, mas a demanda foi rapidamente suprida e os preços voltaram a se estabilizar.

traders
Ferramenta gráfico com ativo WINFUT e indicador de Volume Quantidade (na parte inferior em branco), extraída do Profit

Então quando temos grandes volumes de negociação o preço tem mais volatilidade, ou seja mais amplitude nos movimentos. Desta forma, devemos encarar o volume como um termômetro do mercado.

  1. Times and Trades

Com este recurso do Profit é possível acompanhar os negócios em tempo real e verificar os detalhes de cada negociação.

Na ferramenta Times and Trades podemos ver desde comprador, vendedor, as quantidades negociadas e até mesmo quem de fato deu o primeiro passo para realizar o trade. Ou seja, com ele você consegue enxergar as agressões do mercado em tempo real.

Por isso, ela auxilia o trader na identificação dos fluxos do mercado, uma vez que podemos verificar as agressões, tamanho dos lotes e frequência das negociações. Então basta seguir o maior fluxo e surfar nos movimentos.

traders
Ativo WINFUT na ferramenta Times and Trades do Profit

Utilizando o Times and Trades no Profit é possível também incluir alguns filtros para colorir quantidades específicas de lotes. Assim, enquanto você estiver acompanhando o fluxo de negociações, poderá saber quando estiver entrando lotes maiores que podem impactar na cotação do ativo.

  1. MACD

Embora pareça complexo, este indicador é um dos mais assertivos quando o negócio é identificar a tendência de preço. O MACD, ou Moving Average Convergence Divergence, apresenta graficamente a relação de divergência e convergência entre duas médias móveis: uma linha e sinal, além de histograma.

Este indicador é excelente para se usar sozinho ou combinado com outra configuração do mesmo indicador e pode ser usado para encontrar gatilhos de compra e venda.

traders
Indicador MACD no Gráfico do ativo WINFUT com timeframe de 5 minutos

O MACD é resultado da subtração de uma média exponencial curta com uma média móvel exponencial longa. Por isso, quanto mais distante de zero estiver a linha MACD (em laranja), maior será a divergência entre as médias móveis. Já a linha sinal (verde) é uma média móvel formada pela própria linha MACD. E o histograma (laranja), por sua vez, é uma representação visual da diferença de valor da linha MACD com a linha de sinal.

Em tese, caso a linha de sinal esteja abaixo da MACD, isso pode indicar um possível momento de venda. O mesmo acontece ao contrário, se a linha de sinal estiver acima da linha do MACD, pode significar que é era de comprar.

O histograma também pode ser utilizado para antever mudança de tendências: quando ele cruza do negativo para positivo ou vice-versa, há uma indicação de que uma possível mudança de tendência está por vir.

Entre no mercado financeiro com o pé direito

Bom, agora cabe a você testar todos esses recursos e verificar quais deles se encaixam no seu perfil operacional. No Profit você pode personalizar suas ferramentas para encontrar os padrões que te ajudam a vencer no mercado financeiro.

Se você ainda não conhece a plataforma, não perca mais tempo e faça um teste grátis no Profit para aproveitar as melhores ferramentas do mercado e todos os benefícios que ele pode trazer para suas operações!

The post 5 ferramentas e indicadores cruciais para análise do mercado financeiro appeared first on InfoMoney.

Desenvolvido por Direto na Web