featured-image

A força com a qual um braquiossauro expelia seu vômito era suficiente para nos matar

A pesquisa sobre os dinossauros vai muito além de escavar seus ossos e traçar suas aparências. Uma ciência conhecida como “icnologia” procura justamente encontrar traços de seres vivos antigos e estabelecer seus comportamentos, métodos de procriação, de alimentação e afins. E por vezes, isso nos leva a algumas descobertas pitorescas: por exemplo, o gigante herbívoro braquiossauro poderia te matar com a força do próprio vômito.

O braquiossauro, caso você não se lembre, é um dos dinossauros mais fáceis de ser reconhecido: imenso de tamanho, com um enorme pescoço, chegava a 12 metros de altura (base do pescoço até a cabeça); quase o dobro disso se o esticássemos da cabeça à cauda. No antigo filme Jurassic Park, ele foi um dos primeiros a aparecer.

Leia também


A informação deveras bizarra foi calculada no livro Dinosaurs Without Bones”, que introduz o leitor à icnologia, detalhando seus processos de pesquisa e descobertas. E dentro do livro, há um diagrama que mostra os cálculos que levaram à conclusão mortal (para nós e dinossauros pequenos, pelo menos).

Segundo o cálculo, que você confere no diagrama abaixo, considera que o braquiossauro fosse capaz de expelir 50 kg de vômito – algo razoável, considerando o tamanho do animal e sua dieta (especialistas estimam a ingestão de quase 400 kg de matéria vegetal por dia). Se o material fosse expulso da boca do animal com o pescoço esticado e a cabeça apontada para baixo, então estamos falando de aproximadamente 13 m.

O braquiossauro tinha a capacidade de expelir vômito com tanta força que formava crateras no ponto de impacto (Imagem: Dinosaurs Without Bones/Tony Martin/Reprodução)

Não precisamos dos resultados numéricos para afirmar com toda certeza: isso seria mais que suficiente para matar qualquer dinossauro de pequeno ou médio porte que estivesse embaixo da “cachoeira gastronômica” – ah, é: e qualquer humano também.

Na verdade, o livro postula que a força de impacto do material com o chão – presumidamente arenoso, convenhamos – seria suficiente para deixar uma pequena cratera no local do choque.

A premissa tem reflexo na comunidade científica pois, segundo o livro, fósseis de um dinossauro pequeno – a obra não diz qual – foram encontradas em uma mini cratera do tipo. O contexto não é exatamente explicado pois a situação é mais posicionada para o cálculo do ocorrido, mas não é difícil (ou mesmo agradável) imaginar um braquiossauro expelindo um chuva de vômito em cima de qualquer coisa em caminho.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post A força com a qual um braquiossauro expelia seu vômito era suficiente para nos matar apareceu primeiro em Olhar Digital.

Desenvolvido por Direto na Web