Após alta do diesel, caminhoneiros se dividem entre paralisação e aumento no preço do frete, diz liderança

A ideia de uma possível paralisação dos caminhoneiros por causa do aumento do preço dos combustíveis, decretado na semana passada pela Petrobras (PETR3;PETR4), ainda divide a categoria.

O caminhoneiro autônomo Wanderlei Loureira Alves, o “Dedeco”, disse em nota que “as divergências são muitas entre caminhoneiros e lideranças que são a favor de parar e os que são a favor de aumentar os fretes para suprir o aumento (dos combustíveis)”.

Leia também:
Bolsonaro critica reajuste da Petrobras e diz que estatal poderia esperar
Motoristas fazem filas quilométricas para encher o tanque

Diante da cisão, o caminhoneiro autônomo afirma que “não vai se envolver” mais. Ele também critica caminhoneiros autônomos que continuam defendendo o governo de Jair Bolsonaro (PL) e recomenda às empresas de transporte comprarem mais caminhões “e não cederem às pressões dos autônomos, já que eles defendem tanto este governo”.

Outra fonte do setor confirma que a categoria, de fato, “está muito polarizada”.

Transportadores de carros parados

Já os transportadores de carros e de combustíveis decidiram parar os caminhões em suas bases e não fazer novas viagens desde a última sexta-feira (11). Em comunicado, as empresas afirmaram que o reajuste dos combustíveis inviabilizou o frete e que, até que as condições financeiras sejam restabelecidas, a frota ficará parada.

A orientação para quem estiver com cargas em andamento é que terminem as entregas e voltem para as bases. O assessor executivo da presidência da Confederação Nacional de Transportadores Autônomos (CNTA), Marlon Maués, disse que se trata de uma paralisação técnica, sem bloqueios nas estradas. “O aumento fez com que o sistema entrasse em colapso.”

Wagner Jones Almeida, outro assessor da CNTA e empresário do ramo de transporte de combustível, também confirmou as paralisações na sua área. “Já havia uma defasagem nos preços do frete de 24% a 25%. O novo aumento inviabilizou o custo, pois as empresas já não aceitavam reajustar os valores”, disse. “Agora piorou.”

Cadastre-se na IMpulso e receba semanalmente um resumo das notícias que mexem com o seu bolso — de um jeito fácil de entender: send Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados. check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso. error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.

The post Após alta do diesel, caminhoneiros se dividem entre paralisação e aumento no preço do frete, diz liderança appeared first on InfoMoney.

Desenvolvido por Direto na Web