featured-image

Bilionário Alan Howard lidera investimento de US$ 7,5 mi em plataforma de “NFTs financeiras”

NFT dolar

A Nested, uma plataforma de negociação social que permite aos usuários criar e investir em “NFTs financeiras”, arrecadou US$ 7,5 milhões em uma rodada série A liderada pelo investidor bilionário de fundos de hedge Alan Howard.

Junto com Howard, grandes nomes e investidores em finanças descentralizadas (DeFi) também apostaram no projeto, incluindo Joseph Eagan, da Polychain Capital, e Lily Liu, cofundadora da startup de Bitcoin (BTC) Earn.com, adquirida pela Coinbase em 2018 por mais de US$ 100 milhões.

A Nested permite que as pessoas invistam em portfólios de criptomoedas escolhidas manualmente por seus usuários. Alocar recursos em um desses produtos significa adquirir um “NestedNFT”, um token não fungível (NFT) que está vinculado a ativos subjacentes. Na plataforma, é possível comprar ou vender um portfólio inteiro com apenas um clique.

Os usuários que criam um NestedNFT são recompensados com royalties cada vez que seus portfólios são replicado por outros, disse a empresa. Além disso, os investidores em um portfólio podem comprar, vender ou trocar suas participações a qualquer momento.

Por que a Nested?

A Nested se junta a uma crescente safra de projetos DeFi, como Index Coop e Housecat, que permitem que as pessoas diversifiquem facilmente seus investimentos em criptomoedas por meio de índices e portfólios “pré-empacotados”.

Por e-mail, o fundador da Nested, Rudy Kadoch, explicou ao CoinDesk o que diferencia seu projeto de outros do espaço cripto: “A Nested foi desenvolvida por integrantes nativos do setor DeFi para todas as pessoas. As outras plataformas, por outro lado, foram criadas por indivíduos do segmento de finanças descentralizadas apenas para usuários de DeFi”.

  • Assista: Bitcoin resiste a colapso em meio à guerra na Ucrânia. O que vem agora?

Kadoch também disse que seu objetivo com a Nested é democratizar o acesso às criptomoedas, usando os NFTs para receber uma nova onda de “cripto-curiosos” interessados em finanças descentralizadas.

“Minha mãe sabe o que é um NFT”, escreveu Kadoch. “Há um hype considerável em torno deles. Mas, mais importante, os investidores de varejo e até o público entenderam o conceito de tokens não fungíveis mais rápido do que compreenderam as criptomoedas.”

Para um novo investidor, investir em criptoativos ainda é complexo. Embora a mania das Ofertas Iniciais de Ativos Digitais (ICO, na sigla em inglês) tenha acabado em 2017, continua sendo difícil para o investidor leigo diferenciar projetos sérios daqueles que não têm fundamento ou qualidade – mesmo que uma classe emergente de tokens valiosos possa às vezes aparecer ao virar a esquina.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receba a Newsletter de criptoativos do InfoMoney

The post Bilionário Alan Howard lidera investimento de US$ 7,5 mi em plataforma de “NFTs financeiras” appeared first on InfoMoney.

Desenvolvido por Direto na Web