Cashbacks caem na graça dos brasileiros e Gelt paga mais de R$ 3 milhões em quase dois anos

Dentro do malabarismo mensal para manter as contas em dia, os brasileiros não abrem mão de uma promoção e também de programas de fidelidade. Um cenário propício aos cashbacks que estão disponíveis em aplicativos tanto para iOS quanto Android. Somente a plataforma Gelt pagou mais de R$ 3 milhões aos usuários em quase dois anos de atuação no país, mantendo destaque em um mercado que conta com várias empresas, como PicPay, AmeDigital, Méliuz e Beblue.

Se por um lado a inflação voltou a assombrar o orçamento das famílias brasileiras, por outro o hábito de compra de bens não duráveis teve um crescimento acumulado de 3,04% em 2021. Situação que contribuiu para o aumento da prática do cashback, o retorno de parte do dinheiro gasto em compras, principalmente em supermercados.

Leia mais:

Dinheiro na mão: diferencial da Gelt

Enquanto a maior parte das plataformas oferecem cashbacks em cupons de compras, a Gelt oferece uma possibilidade de ganhar dinheiro vivo nas compras do dia a dia, fator preponderante que contribuiu com o crescimento mesmo sob um cenário de finanças instáveis .

“Mesmo com a instabilidade econômica, o e-commerce cresceu durante o isolamento social e, consequentemente, o mercado de cashback”, afirmou o CEO da empresa no Brasil, Henrique de Mello Franco.

“Com o aplicativo da Gelt, o usuário passa a ter mais autonomia para recuperar uma parcela da quantia gasta, utilizando o dinheiro da melhor forma. Ainda mais em um momento de incertezas que estamos passando, é fundamental que o consumidor possa ter a possibilidade de sacar ou transferir o dinheiro durante qualquer eventualidade, gerando uma maior tranquilidade financeira”, mencionou Franco.

cashback
Mercado brasileiro é altamente promissor para cashbacks; somente aplicativo Gelt já pagou quase R$ 3 milhões em quase dois anos aos clientes que utilizam a plataforma por aqui. Imagem: Shutterstock

Downloads em ritmo acelerado

O sucesso da Gelt é comprovado pelos dados: são 150 mil novos clientes conquistados por mês em um total de 1,5 milhão de usuários do aplicativo que conta com 2,6 milhões de consumidores cadastrados no mundo. E a maioria dos clientes são brasileiros, demonstrando que a expansão na América Latina é fruto de parcerias firmadas no varejo com grandes marcas de alimentos e produtos do dia a dia.

Brasil ocupa 30% dos cashbacks da Gelt

Seja em supermercados, farmácias ou petshops, os cashbacks ajudam no orçamento familiar e estão tão presentes no Brasil que a Gelt já tem uma previsão de faturar 18 milhões de euros neste ano.

E os brasileiros representam 30% dessa fatia que deve crescer mais de 7 milhões de euros até 2023, segundo planejamento do aplicativo.

Expansão mundial

Presente também em países como México, Argentina, Espanha e Colômbia, a empresa de cashback faturou 5 milhões de euros em 2021.

Um indicativo de que os consumidores estão sempre atentos para participarem de programas que sejam vantajosos para ambas as partes envolvidas no mercado varejista.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Cashbacks caem na graça dos brasileiros e Gelt paga mais de R$ 3 milhões em quase dois anos apareceu primeiro em Olhar Digital.

Desenvolvido por Direto na Web