CCR (CCRO3), Ecorodovias (ECOR3) e Santos Brasil (STBP3) se movimentam para consolidar e ampliar ativos de infraestrutura

As conquistas recentes de ativos e os leilões a serem realizados em breve têm determinado os passos das empresas operadoras de infraestrutura em 2022.

A CCR (CCRO3) afirma centrar foco nos projetos recém-assumidos – e não é pra menos. No último dia 4, a empresa assinou o novo contrato de concessão da Dutra (Rio-São Paulo), que engloba também trecho da Rio-Santos (BR-101). Serão R$ 26 bilhões em investimentos em 626 km de sistema rodoviário.

No dia 9 de março, foi a vez do braço de aeroportos da CCR assumir de nove terminais aeroportuários concedidos no ano passado; e nos dias 24 e 31 de março, a empresa finaliza a transição operacional de outros seis aeroportos, conquistados no mesmo leilão de 2021.

Por fim, ainda neste primeiro semestre, a empresa assume a administração do Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte. Na região, destaca-se, a empresa já opera o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, que era a sua única concessão aeroportuária no Brasil até um ano atrás.

Mudanças de portfólio na Ecorodovias (ECOR3)

A Ecorodovias (ECOR3) encerrou em novembro de 2021 o contrato de concessão da Ecocataratas e Ecovia Caminho do Mar, ambas no Paraná. Com isso, a empresa já tratou de reforçar no mercado seu interesse em participar esse ano de novos leilões de rodovias para manter o portfólio robusto.

Um deles é o leilão de um sistema rodoviário no Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, do programa de concessão de Minas Gerais. São 627,4 km de estradas. O leilão deveria ocorrer em março, mas foi remarcado para 21 de julho.

Outro leilão que a Ecorodovias está de olho é o da CRT (Rio-Teresópolis), cujo atual contrato de concessão está se encerrando. A nova licitação amplia o trecho rodoviário até Governador Valadares (MG). O leilão está marcado para 20 de maio.

Por fim, a empresa mira ainda nesse ano (sem data marcada) no chamado leilão Concessões Federais no Paraná, envolvendo várias rodovias federais e estaduais no Estado.

Para confirmar o interesse, no balanço do último trimestre de 2021, a Ecorodovias destacou que a margem do Ebidta havia sido pressionada por conta de gastos com consultoria e assessoria técnica e jurídica para participação dos três leilões mencionados.

Cita-se que em outubro do ano passado a Ecorodovias iniciou a operação da Ecovias de Araguaia. O capex dessa concessão é de R$ 8,1 bilhões. São 851 quilômetros das rodovias em Tocantins e Goiás.

Santos Brasil (STBP3) quer ampliar atuação no Porto de Santos

Para a Santos Brasil (STBP3), crescer no porto de Santos significa participar dos novos leilões de áreas no complexo. Um dos mais importantes a serem realizadas até o final desse ano é o do arrendamento do STS 10, de contêiner.

A área total do STS 10 é de 463.843 m² e fica no Cais do Saboó. O arrendamento é capaz de dobrar a capacidade atual da empresa na movimentação de contêineres no porto de Santos. Porém, a disputa promete ser dura pela imensa área. Players nacionais e internacionais já demonstraram interesse em disputar o leilão, mesmo sem data marcada para a sua realização.

A empresa, na apresentação do balanço de 2021, informou que a estratégia de crescimento em 2022 inclui prospecção de oportunidades de ativos portuários de graneis sólidos e líquidos. No porto de Santos, está previsto no dia 30 de março leilão do STS11, para graneis sólidos vegetais, mas a Santos Brasil reclamou do prazo curto entre o lançamento do edital e a data de entrega das propostas.

Por outro lado, no segundo semestre de 2022, a Santos Brasil inicia operações comerciais de dois terminais de líquidos do Porto de Itaqui, em São Luís (MA), adquiridos em leilões realizados ano passado. A empresa pretende começar esse ano a investir na construção do terceiro terminal arrematado, também em Itaqui – um projeto greenfield com início de operação previsto para 2026.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

The post CCR (CCRO3), Ecorodovias (ECOR3) e Santos Brasil (STBP3) se movimentam para consolidar e ampliar ativos de infraestrutura appeared first on InfoMoney.

Desenvolvido por Direto na Web