Dinossauro encontrado na China pode ser o mais antigo estegossauro do mundo

Nesta sexta-feira (4), o Olhar Digital divulgou a descoberta no Brasil do precursor mais antigo dos dinossauros da América do Sul. Nesse mesmo espírito de #flashbackfriday (o TBT das sextas), o resgate ao passado agora é de um estegossauro fossilizado encontrado na China que, segundo seus descobridores, é o mais antigo da espécie já encontrado na Ásia. Mais do que isso: o espécime pode ser o mais velho do mundo.

Fósseis de estegossauro encontrados na China incluem ossos da vértebra caudal, coracoide, vértebra dorsal, fémur, fíbula, metatarso, costela, escápula, espinha dorsal e tíbia. Crédito: Dai Hui, Li Ning, Susannah C. R. Maidment, Wei Guangbiao, Zhou Yuxuan, Hu Xufeng, Ma Qingyu, Wang Xunqian, Hu Haiqian & Peng Guangzhao

Um artigo publicado na quinta-feira (3) no Journal of Vertebrate Paleontology revela que o dinossauro, que media em torno de 2,8 m (pequeno para um estegossauro), viveu na região há cerca de 170 milhões de anos, durante a fase bajociana do Período Jurássico, muito antes dos estegossauros de que se tem notícia até hoje.

Segundo o estudo, o animal de cauda espinhosa poderia crescer até 9 metros de comprimento. No entanto, não está claro se o espécime encontrado é um filhote ou apenas um adulto pequeno, mas sua descoberta pode dizer mais sobre como o gênero estegossauro evoluiu – um processo sobre o qual muito pouco se sabe.

Entre os restos mortais encontrados estavam ossos do ombro, costas, coxas, pés, coluna e costelas. Eles foram examinados por uma equipe de paleontólogos liderados por Dai Hui, do Departamento de Exploração e Desenvolvimento de Recursos Geológicos e Minerais de Chongqing, cidade no sudoeste da China, e comparados com outros fósseis de estegossauros.

Leia mais:

Estegossauro da China seria um “elo perdido” entre dinossauros?

Segundo os resultados das análises, o animal recém-encontrado, batizado de Bashanosaurus primitivus (em referência a “Bashan”, antigo nome da região onde foi descoberto, e a “primeiro”, em latim), tem características em comum com outros estegossauros. No entanto, alguns aspectos são únicos. Seu ombro é menor e menos desenvolvido, seu osso da coxa é ligeiramente diferente, e lâminas mais estreitas – porém com bases mais espessas – na armadura que vai do topo da cabeça até a ponta da causa.

Ele também tem algumas características em comum com os primeiros dinossauros encouraçados (com escamas duras), que viveram cerca de 20 milhões de anos antes. Isso sugere que o Bashanosaurus pode ser um “elo perdido” entre esses dinossauros mais velhos e os estegossauros posteriores.

“O bachanossauro pode ser separado de outros estegossauros jurássicos médios, e claramente representa uma nova espécie”, disse Hui. “Além disso, nossa análise da árvore genealógica indica que ela é um dos primeiros estegossauros divergentes, juntamente com o Lagarto Chongqing (Chungkingosaurus) e o Huayangosaurus. Todos eles foram desenterrados da Formação Jurássica Média e Tardia Shaximiao na China, sugerindo que os estegossauros podem ter se originado na Ásia”.

“A descoberta deste estegossauro do Jurássico Médio da China adiciona-se a um conjunto crescente de evidências de que o grupo evoluiu no início do Jurássico Médio, ou talvez até mesmo no Jurássico Primitivo, e como tal representam alguns dos primeiros dinossauros conhecidos”, disse a paleontóloga Susannah Maidment, do Museu de História Natural de Londres, no Reino Unido. “A China parece ter sido um ponto de acesso para a diversidade de estegossauros, com numerosas espécies agora conhecidas desde o Jurássico Médio até o final do período Cretáceo Primitivo.”

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Dinossauro encontrado na China pode ser o mais antigo estegossauro do mundo apareceu primeiro em Olhar Digital.

Desenvolvido por Direto na Web