featured-image

Duplamente descontado, Rio Bravo FoF (RBFF11) calcula potencial de valorização de 47% com retomada de fundos de “tijolo”; Ifix sobe

Vista aérea do centro financeiro de Nova York, com o 1WTC em destaque

Depois de dois anos de baixa – 10% em 2020 e 2% em 2021 – os fundos imobiliários já acumulam, em média, queda de 3,4% nos três primeiros meses de 2022. De acordo com gestores, a desvalorização tem gerado oportunidades, especialmente nos fundos que investem nas cotas de outros FIIs – os chamados FoFs, ou funds of funds.

Em relatório gerencial, o Rio Bravo Fundo de Fundos (RBFF11) apontou que a maior parte dos FIIs de tijolo que tem na carteira está negociando abaixo do valor patrimonial. O panorama, de acordo com os gestores da carteira, abre oportunidades no longo prazo.

“Como todos os setores da carteira do fundo atualmente negociam com deságio, esperamos que ocorra uma valorização da cota patrimonial do Rio Bravo FoF no médio e longo prazo, conforme as cotas dos fundos investidos forem se valorizando”, aponta o documento.

Por conta do duplo desconto – deságio do portfólio e deságio da própria cota – os gestores do Rio Bravo FoF calculam um potencial de valorização do fundo de quase 50%.

“Com a retomada do mercado imobiliário, o patrimônio do fundo possui um potencial de valorização de 15,5%, que, aliado ao potencial de valorização da cota de mercado do Rio Bravo FoF, de 27,9%, representa um potencial total de valorização de 47,7%”, aponta cálculo presente no último relatório gerencial do fundo.

Entre os FoFs que compõem o IFIX – índice que reúne os fundos imobiliários mais negociados na Bolsa – a média de desconto está em 16%, considerando o P/VPA (preço sobre o valor patrimonial). Quanto mais próximo de 1 estiver o indicador, mais perto está a cota do valor justo. Um indicador acima de 1 sinaliza que o papel está sendo negociado com ágio e, abaixo deste nível, com desconto. Da lista, as cotas do CSHG FoF e do Kinea FoF são as que apresentam o maior desconto, 22%.

HGFF11 CSHG FoF 0,78 7,08 -17,82 -7,05
KFOF11 Kinea FoF 0,78 7,51 -17,26 -3,83
RBFF11 Rio Bravo FoF 0,79 8,46 -17,17 -8,22
MGFF11 MOGNO 0,80 7,62 -22,24 -7,81
BCIA11 Bradesco Carteira Imobiliária 0,80 7,64 -11,66 -2,47
RBRF11 RBR Alpha 0,81 7,81 -18,79 -11,78
MORE11 More Real Estate 0,82 8,09 -19,70 -2,99
BPFF11 Brasil Plural Absoluto 0,82 8,97 -8,51 -8,53
XPSF11 XP Selection 0,82 9,05 -18,47 -12,32
KISU11 KILIMA 0,84 7,04 -15,11 -4,78
BCFF11 BTG Pactual Fundo de Fundos 0,86 6,96 -17,26 -3,22
VIFI11 Vinci Instrumentos Financeiros 0,88 8,41 -6,19 3,24
RVBI11 VBI Reits 0,88 9,40 -9,94 -6,06
BLMR11 Bluemacaw Renda+ FOF 0,88 8,73 -12,57 -2,70
HFOF11 Hedge Top FoF II 0,88 7,15 -19,42 -7,32
SNFF11 Suno FoF 0,89 -4,30
CPFF11 Capitânia Reit 0,89 10,17 -6,84 0,61
Média 0,84 8,13 -14,93 -5,27

Fonte: Economatica – 17/03/2022

O BlueMacaw Renda +, que tem mais de 90% do patrimônio investido em cotas de FIIs, também vê as cotações dos fundos imobiliários de “tijolo” em patamares atrativos.

“Como dito em relatórios anteriores, não vemos espaço para maiores descontos nos fundos de tijolo que chegam a negociar abaixo do custo de reposição”, aponta relatório gerencial, que se refere ao valor necessário para reconstruir o mesmo imóvel.

Em relatório da XP, Maria Fernanda Violatti, analista da corretora, concorda com o cenário traçado para os fundos imobiliários, que podem, segundo ela, potencializar o retorno dos investidores focados em ganhos no futuro.

“Diversos fundos imobiliários de tijolos estão sendo negociados em patamares que consideramos baixos”, afirma. “Portanto, recomendamos esses FIIs para investidores orientados ao longo prazo e que busquem maximizar seus retornos através de estratégias de ganho de capital e ganho de renda”.

IFIX hoje

Na sessão desta sexta-feira (18), o Ifix opera no campo positivo. Às 11h14, o indicador registrava elevação de 0,24%, aos 2.715 pontos. Ontem, o índice caiu 0,07%. Confira os destaques de hoje:

Maiores altas desta sexta-feira (18):

Ticker Nome Setor Variação (%)
BCFF11 BTG Pactual Fundo de Fundos Títulos e Val. Mob. 1,6
MGFF11 MOGNO Títulos e Val. Mob. 1,53
TGAR11 TG Ativo Real Outros 1,24
XPPR11 XP Properties Outros 1,22
TEPP11 Tellus Properties Lajes Corporativas 1,22

Maiores baixas desta sexta-feira (18):

Ticker Nome Setor Variação (%)
SNFF11 Suno FoF Outros -1,26
RZAK11 Riza Akin Títulos e Val. Mob. -1,06
RBRY11 FII RBR PCRI Títulos e Val. Mob. -0,75
VIFI11 Vinci Instrumentos Financeiros Títulos e Val. Mob. -0,72
SADI11 Santander Papeis Imobiliarios Títulos e Val. Mob. -0,72

Fonte: B3

Descubra o passo a passo para viver de renda com FIIs e receber seu primeiro aluguel na conta nas próximas semanas, sem precisar ter um imóvel, em uma aula gratuita.

HBC Renda Urbana (HBCR11) investe R$ 42 milhões em imóvel da Decathlon

Em fato relevante divulgado nesta quinta-feira (17), o fundo HBC Renda Urbana anunciou a compra de imóvel de 50 mil metros quadrados no Trevo da Rodovia Dom Pedro I (SP 065), município de Campinas (SP).

Pelo espaço, o fundo pagará R$ 42 milhões para a Decathlon, empresa de artigos esportivos, que agora passará a alugar o imóvel em um contrato de 40 anos.

Além da locação para a antiga proprietária do imóvel, o fundo planeja ainda a construção de área locável adicional, transformando o ativo monousuário em um centro comercial. O projeto prevê o acréscimo de aproximadamente 8.700 mil metros quadrados de locações comerciais.

O impacto final do negócio nas receitas do fundo, após a aquisição e os investimentos adicionais, será de aproximadamente R$ 0,23 por cota ao ano, calcula o HBC Renda Urbana.

Dividendos de hoje

Confira quais são os dez fundos imobiliários que distribuem rendimentos nesta sexta-feira (18):

Ticker Fundo Rendimento
[ativo=SHDP11] Shopping Dom Pedro R$ 6,21
HCRI11 Hospital Crianca R$ 2,49
VGIP11 Valora CRI Índice R$ 1,20
VGIR11 Valora Re R$ 1,20
CPTS11 Capitania Securities R$ 1,10
MCCI11 Mauá Capital R$ 1,00
BRLA11 BRL Properties R$ 0,98
MGHT11 Mogno Hotéis R$ 0,80
TRNT11 Torre Norte R$ 0,39
[ativo=VGIA11] Valora CRA R$ 0,14
MCHF11 Mauá Capital Hedge R$ 0,11
[ativo=MCHF14] Mauá Capital Hedge R$ 0,04

Fonte: InfoMoney

Descubra o passo a passo para viver de renda com FIIs e receber seu primeiro aluguel na conta nas próximas semanas, sem precisar ter um imóvel, em uma aula gratuita.

The post Duplamente descontado, Rio Bravo FoF (RBFF11) calcula potencial de valorização de 47% com retomada de fundos de “tijolo”; Ifix sobe appeared first on InfoMoney.

Desenvolvido por Direto na Web