Em segundo maior negócio de todos os tempos, Google compra Mandiant por US$5,4 bilhões

Considerado o segundo maior acordo de todos os tempos, o Google acaba de comprar a Mandiant, empresa de segurança cibernética, por US$ 5,4 bilhões, adquirindo uma robustez em quesito de vantagem competitiva diante das suas principais rivais: Amazon e Microsoft. O negócio foi selado nesta terça-feira (8) e acontece em um momento de grande preocupação com a segurança dos sistemas de computação em nuvem frente aos ataques cibernéticos que estão acontecendo cada vez com mais frequência.

Aquisição certeira

A compra da Mandiant foi um verdadeiro pulo do gato do Google, que se antecipou ao observar o interesse da Microsoft pela empresa de segurança cibernética, fechando o segundo maior negócio de todos os tempos, ficando atrás apenas da compra da Motorola, adquirida pela gigante das buscas por US$ 12,5 bilhões em 2011.

Agora, o Google estará diante de um mercado que tem previsão de dobrar as operações de segurança e serviços de consultoria, melhorando a computação em nuvem das empresas, que necessita de estabilidade para não sofrer violações em seus dados, como recentemente aconteceu com a News Corp e Nvidia.

Fachada de um dos prédios do Google
A compra da Mandiant é um passo a frente diante da concorrência, estabelecendo uma grande vantagem competitiva em termos de segurança em nuvem. Imagem: Jay Fog/Shutterstock

A expectativa é que até 2026 ocorra um faturamento de US$ 352,25 bilhões, segundo análise da empresa de pesquisa, Inteligência Mordor.

“Organizações em todo o mundo estão enfrentando desafios de segurança cibernética sem precedentes, pois a sofisticação e a gravidade dos ataques que antes eram usados ​​para atingir grandes governos agora estão sendo usadas para atingir empresas de todos os setores”, disse em comunicado, Thomas Kurian, executivo-chefe do Google Cloud.

Leia mais:

Diversificação do mercado

Com a compra da Mandiant, o Google sai na frente na computação em nuvem, que rende para empresa mais de US$ 19 bilhões por ano, sendo um diferencial para competir com as rivais, que têm uma parcela maior do mercado em termos de nuvem para locação de servidores, poder de computação e serviços de internet para companhias.

“Este é apenas o começo do que veremos em termos de aquisições de segurança cibernética para todas as grandes empresas de nuvem”, disse Jeff Pollard, analista da Forrester Research.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Em segundo maior negócio de todos os tempos, Google compra Mandiant por US$5,4 bilhões apareceu primeiro em Olhar Digital.

Desenvolvido por Direto na Web