Engenheiros criam veículo para explorar cavernas na Lua

A pedido da agência espacial europeia (ESA), cientistas e engenheiros uniram esforços para criar o conceito de um veículo capaz de explorar as diversas cavernas e depressões da Lua. O objetivo é investigar as partes mais escondidas da superfície do nosso satélite em busca de informações e amostras sobre seu passado mais distante.

A ideia de investigar as cavernas da Lua não é nova. Além da óbvia vantagem científica (as cavernas podem conter amostras que são, essencialmente, registros do período de formação do satélite), há quem pense em utilizar esses espaços como áreas seguras para assentamentos humanos – um assunto cada vez mais evidente com o avanço de programas que, no futuro, ambicionam estabelecer bases lunares.

Leia também

Tecnologia conceitual da ESA prevê o uso de um rover para investigar cavernas na Lua. Tecnologia conceitual é parte de um programa idealizado pela agência em 2019
Tecnologia conceitual da ESA prevê o uso de um rover para investigar cavernas na Lua. Tecnologia conceitual é parte de um programa idealizado pela agência em 2019 (Imagem: ESA/Divulgação)

O conceito responde a desafios conjuntos estipulados pelos programas OSIP (Open Space Innovation Program) e SysNova, ambos idealizados pela ESA para convocar a comunidade científica ao desenvolvimento de tecnologias inovadores que permitam um grau de exploração e estudo maior do que aquilo que podemos fazer hoje.

“A visão do interior de uma caverna lunar seria uma verdadeira exploração — isso revelaria informações científicas inesperadas”, disse Francesco Sauro, cientista de cavernas e expert em ciências planetárias, bem como diretor técnico da iniciativa ESA CAVES da agência europeia.

O programa foi originalmente lançado em 2019, quando a ESA começou a recrutar especialistas em engenharia, geologia e astronomia para criar sistemas que detectassem, mapeassem e explorassem cavernas na Lua. Cinco ideias foram selecionadas para análise mais detalhada, cada uma atacando uma fase específica de uma possível missão com esse objetivo.

Dessas cinco, duas ideias – os projetos RoboCrane e Daedalus – foram unificadas e tiveram suas projeções expandidas em um único plano de missão. A ideia é usar uma espécie de guindaste robótico (RoboCrane) para baixar um veículo explorador (Daedalus) na entrada de uma caverna. Tal veículo iria percorrer o trajeto da área, documentando e sinalizando a entrada antes de prosseguir missão adentro.

“Uma missão assim exigiria o desenvolvimento de tecnologias inovadoras, encorajando o setor espacial a desenvolver novas soluções, especialmente se comparado a missões lunares anteriores”, disse Francesco. “Esse avanço na tecnologia seria um enorme avanço para a exploração da Lua e também de Marte”.

Naturalmente, como toda ideia conceitual, ainda temos um longo tempo antes de vermos algo definitivamente concreto, mas o progresso atual dos programas colocam a ESA um passo à frente de outras agências, ao considerar não apenas a exploração da superfície imediata, mas também as partes interiores das cavernas da Lua.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Engenheiros criam veículo para explorar cavernas na Lua apareceu primeiro em Olhar Digital.

Desenvolvido por Direto na Web