Expectativa “de milhões”, mas valores a receber do Banco Central são literalmente de centavos

Sabe essa imagem destacada aí em cima com notas de R$ 100 e R$ 200? Pois se é isso que você espera ver ao sacar o dinheiro esquecido nos bancos, esqueça. Nesta segunda-feira (7), brasileiros nascidos antes de 1968 puderam finalmente ver o saldo que tinham e resgatar. Mas, se a expectativa era “de milhões”, como dizem os jovens, ou ao menos de algo suficiente para ajudar nas despesas nos valores a receber, a realidade é de centavos. Literalmente.

A expectativa era grande, pois o primeiro acesso, aberto novamente em fevereiro após instabilidades em janeiro, não mostrava quanto dinheiro havia, apenas se a pessoa ou empresa tinha ou não. Nas redes sociais, pessoas de diversas idades, que realizaram consultas próprias ou para os pais e avós, publicaram a decepção com o saldo. Muita gente encontrou menos de R$ 1.

Leia mais:

Tanto pessoas nascidas até 1968 como empresas criadas até aquele ano têm até sexta-feira (11) para consultar e resgatar, com a repescagem marcada para o sábado (12). O grupo que nasceu entre 1968 e 1983 fica com as datas de 14 a 18 de março, e os retardatários no dia 19. Por fim, os mais jovens, nascidos depois de 1983, de 21 a 25 de março e dia 26 na repescagem.

De acordo com o Banco Central, o dinheiro esquecido nos bancos soma R$ 8 bilhões. Cerca de R$ 27 bilhões para 39 milhões de brasileiros saíram de fundos públicos ou do INSS. Foram valores esquecidos em contas antigas e até dinheiro de benefícios não sacados.

Imagem mostra logo do Banco Central do Brasil, o Bacen
O Banco Central liberou a consulta e resgate a partir de segunda-feira (7) para pessoas nascidas até 1968. Crédito: Jo Galvao/Shutterstock

Mesmo que você encontre apenas centavos, de todo modo vale lembrar que o dinheiro é seu e as instituições têm obrigação de pagar. Para receber de volta os valores, é possível optar pela devolução através do Pix. Nesta modalidade, os bancos têm até 12 dias úteis para realizar a transferência.

O Olhar Digital ensina AQUI como consultar os valores a receber e como se proteger de golpes. Também não dá para desanimar completamente. A partir do dia 2 de maio, o Banco Central vai liberar consulta para novo lote. Quem sabe lá, há algo mais.

Confira alguns tuítes desapontados com os valores a receber:

O brilho do meu pai sumindo quando consultei pra ele os famigerados #valoresareceber @BancoCentralBR pic.twitter.com/lzFZt7yylY

— enerJÉssica (@jescaminhocas) March 8, 2022

Não sei o que dizer, esse uaê todo pra isso…isso é muita sacanagem!#valoresareceber #bancocentral pic.twitter.com/jvH4uO8oKd

— LohamRG (@LohamRg) March 7, 2022

Tem caroço nesse angu😬 Não é possível que 4 bilhões distribuído para 26 milhões de brasileiros seja só de centavos🤦🏿#valoresareceber #BancoCentral

— Katia Caetano (@KatiaCaettano) March 8, 2022

Alguem liga para o agiota, agora eu pago ele!🤡#valoresareceber pic.twitter.com/MJwQNnrNV8

— Pedro Henrique (@PedroTolenttino) March 7, 2022

Meu pai super feliz com #valoresareceber onde recebeu R$ 3,21. Obrigado, garanto pelo menos 3 pães no café da manhã pic.twitter.com/bs80thnCaI

— Edclei Fraga (@EdcleiF) March 8, 2022

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Expectativa “de milhões”, mas valores a receber do Banco Central são literalmente de centavos apareceu primeiro em Olhar Digital.

Desenvolvido por Direto na Web