Fies abre temporada de negociações com inadimplentes e concede isenção de juros e multas

Mais da metade dos estudantes que fecharam acordo de financiamento por meio do Fies estão inadimplentes, o que já soma R$ 9 bilhões em prestações não pagas. A boa notícia é que cerca de 1 milhão de universitários já podem renegociar as dívidas com o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), com desconto de 12% no saldo devedor, com isenção de juros e multas, para quem está com parcelas atrasadas entre 90 e 360 dias. Os acordos permitem um parcelamento em até 150 vezes.

Já quem tem uma inadimplência com mais de 360 dias pode obter um desconto de 86,5% no saldo devedor. Estudantes inscritos no CadÚnico ou beneficiários do Auxílio Emergencial conseguem um desconto de 92%, com o saldo podendo ser parcelado em até dez vezes.

Veja como negociar

As negociações das dívidas do Fies estão sendo feitas por meio do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal. As instituições cederam espaços para que os agentes financeiros do Fies façam o atendimento, sendo os responsáveis pela condução dos processos.

Logo no pagamento da primeira parcela o nome do estudante já é retirado do cadastro restritivo de crédito, mas o valor de entrada deve ser pago no ato da renegociação, com um valor mínimo da parcela de R$ 200.

Leia mais:

Caixa Econômica Federal

Cerca de 800 mil estudantes com contrato feito pela Caixa Econômica Federal estão inadimplentes, com dívida média de R$ 35 mil.

Eles poderão realizar a renegociação de seus contratos de forma 100% digital. O interessado deve consultar o site da Caixa para verificar se pode ou não pedir a renegociação, de acordo com as regras estabelecidas.

Após confirmar o enquadramento e simular a renegociação, os interessados gerarão o boleto para pagamento da primeira parcela ou, caso optem pela quitação de uma só vez, da parcela única.

Para mais informações, os estudantes poderão acessar este link ou ligar no 0800 726 0101.

Banco do Brasil

No Banco do Brasil, mais de 500 mil estudantes poderão renegociar parcelas do Fies em atraso, de forma digital, no aplicativo do banco. Para aderir à renegociação pelo canal mobile, basta acessar a opção Soluções de Dívidas e clicar em Renegociação Fies.

Na solução, o estudante poderá verificar se faz parte do público-alvo, as opções disponíveis para liquidação ou parcelamento da dívida, os descontos concedidos, assim como os valores da entrada e demais parcelas.

“Nossa atuação está sintonizada com os diferentes perfis de clientes e aposta na conectividade e na comodidade que o App do BB oferece, fortalecendo relacionamento com o público jovem, que não gosta de perder tempo e vive todos os seus momentos com o celular”, destaca Márcia Aparecida de Lima Fernandes, Gerente Executiva na Diretoria de Governo do Banco do Brasil.

Além do mobile, a contratação também poderá ser realizada em qualquer agência do BB, com as mesmas condições. Os clientes podem obter mais informações pelo App BB, portal BB, WhatsApp (61-4004-0001) e Central de Atendimento BB (0800-729-0001).

Tela inicial do site do Fies
Agentes do Fies estão fazendo atendimentos nas unidades da Caixa e Banco do Brasil; estudantes também podem simular as negociações por meio dos aplicativos dos bancos. Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Entenda o Fies

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) foi criado em 1999 pelo governo federal e é um programa que auxilia estudantes a pagar as mensalidades das faculdades privadas após a conclusão dos cursos, com um prazo de carência para conseguir um emprego na área estudada.

O Fies financia até 92% do valor total dos cursos superiores e tem como critérios a renda familiar bruta, por pessoa, de até três salários mínimos, participação em alguma edição do Enem a partir de 2010, tendo obtido pontuação mínima de 450 pontos e nota acima de zero na redação.

Via: Agência Brasil

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Fies abre temporada de negociações com inadimplentes e concede isenção de juros e multas apareceu primeiro em Olhar Digital.

Desenvolvido por Direto na Web