Ford lança no Brasil a picape Ranger FX4, que mescla visual esportivo com off-road

A Ford Ranger FX4 é a mais nova opção de picape vendida pela montadora americana no Brasil. Após o lançamento da Maverick Lariat FX4, o modelo inédito surge no mercado brasileiro como alternativa para um público que deseja, segundo a Ford, “sofisticação e visual off-road”. A picape, que já está disponível para pré-venda, vem em duas configurações: uma com roda 18”, que sairá por R$ 288.990, e outra com roda 17”, custando R$ 290.990.

A FX4 vem para ocupar um posicionamento intermediário na gama da Ranger no Brasil, entre a Limited e a Storm. Entre os diferenciais da picape, estão direção elétrica, suspensão calibrada, tampa traseira assistida e diferencial traseiro blocante eletrônico.

Ford Ranger FX4
Ford/Divulgação

Design

As linhas da FX4 seguem a pegada das Rangers já disponíveis no mercado. Na frente, a picape apresenta uma grade exclusiva da versão, com duas fendas laterais e faróis full-LED com máscara negra, além de capas de retrovisor em acabamento preto brilhante. Já na traseira, o destaque vai para o santantônio único na configuração, além de para-choque e lanternas com acabamento escurecido. O snorkel, para andar na água, não é de série.

Ford Ranger FX4
Ford/Divulgação

Os tons pretos que marcam a frente e a traseira seguem na lateral do modelo, com destaque para o bulboso protetor da caixa de rodas. O acabamento fosco, segundo a Ford, é uma forma de evitar riscos na carroceria e, do ponto de vista estético, trazer uma robustez para o conjunto. As rodas são de 18” e exclusivas para o modelo — há também uma opção de 17” para os motoristas que desejem um desempenho mais off-road. A Ranger FX4 vem em seis cores: cinza Moscou, prata Geada, branco Ártico, preto Gales, vermelho Bari e vermelho Toscana.

Ford Ranger FX4
Ford/Divulgação

Espaço interno

Por dentro, a Ranger FX4 abriga bancos em couro com costuras vermelhas que são exclusivas para a versão. O volante, a manopla de câmbio e o apoio de braço seguem a mesma tendência.

Ford Ranger FX4
Ford/Divulgação

Em termos de conectividade, o carro traz central multimídia Sync 3 com tela tátil de 8”, além do sistema FordPass, que permite diversos comandos remotos pelo celular, entre eles climatização, travamento automático das portas e geolocalização.

Ford Ranger FX4
Ford/Divulgação

Motorização e configurações técnicas

A Ranger FX4 vem com o mesmo motor 3.2 Duratorq turbodiesel que já equipa a topo de linha Limited, com potência de 200 cv a 3.000 rpm e torque de 47,9 kgfm entre 1.750 e 2.500 rpm. Em condução normal, o propulsor permite autonomia de 10.000 a 14.000 km, além de atender e ultrapassar, de acordo com a Ford, as exigências legais para redução de gases poluentes em mais de 70%.

Além do 3.2, a Ford disponibiliza ainda um motor 2.2 Duratorq diesel com 160 cv de potência e 39,2 kgfm de torque. O câmbio é automático de seis marchas e a tração é 4×4 com bloqueio eletrônico do diferencial traseiro.

Há também duas opções de pneu, o ATR de 18” e o Scorpion AT+ de 17”, ambos desenvolvidos em parceria com a Pirelli. O primeiro pode ser adotado tanto para o meio urbano quanto fora de estrada. Já o segundo foi concebido para terrenos mais difíceis, como pedras, lama, grama e areia.

Ford Ranger FX4
Ford/Divulgação

Segurança

O Ranger FX4 traz sete airbags e o pacote AdvanceTrac, que inclui controle eletrônico de estabilidade e tração, controle anticapotamento, controle adaptativo de carga e resolução de reboque e assistência em frenagem de emergência.

Com altura livre do solo de 235 mm, o carro traz uma suspensão calibrada por classe de peso para melhor uso do curso e maior conforto e freios ABS com EBD (Electronic Brake Force Distribution). O modelo apresenta ainda travamento automático das portas e assistente de fadiga.

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Ford lança no Brasil a picape Ranger FX4, que mescla visual esportivo com off-road apareceu primeiro em Olhar Digital.

Desenvolvido por Direto na Web