Governo de SP decide sobre flexibilização do uso da máscara nesta semana

O governo do estado de São Paulo estuda flexibilizar o uso de máscaras ao ar livre e uma decisão final deve ser tomada nesta terça-feira (08) e anunciada na coletiva na quarta-feira (09), segundo Jean Gorinchteyn, secretário estadual da Saúde, em entrevista ao Poder360 na última 6ª feira.

Antes disso, o governador João Doria também havia sinalizado que a liberação estaria próxima.

“Na terça-feira teremos uma reunião do nosso comitê científico e será nesta reunião que será tomada uma decisão [sobre o uso de máscaras]. Nós seguimos aquilo que o comitê decide, por isso, ainda não é possível anunciar taxativamente a medida de liberação de máscaras ao ar livre. Mas há boa tendência e boa indicação. Mas a decisão final será terça e o regras para o uso de máscaras para crianças na escola também será debatido nesta reunião”, afirmou Doria, durante uma entrevista coletiva na última quinta.

A expectativa é de que a máscara deixe de ser obrigatória em locais abertos, públicos e que não promovam aglomerações, mas o comitê científico está avaliando as possibilidades.

Números de São Paulo

A medida de liberação está sendo avaliada de perto diante do avanço da vacinação e melhora nas taxas de internação e óbitos no estado.

O estado ultrapassou na última quarta-feira (2) a marca de 100 milhões de doses de vacina contra Covid-19 aplicadas, o que representa 82,4% da população vacinada.

Entre os elegíveis para receber as doses, ou seja, todos acima de 5 anos de idade, SP já chegou a marca de 88,2% da população imunizada com as duas doses. A vacinação da dose adicional também tem crescido nas últimas semanas, com mais de 20,4 milhões de doses aplicadas. Ainda faltam cerca de 10 milhões de pessoas elegíveis para tomar a dose extra.

Entre as crianças, o estado superou a marca de 3 milhões de doses aplicadas e tem 67,9% dos que tem de 5 a 11 anos com pelo menos uma dose. Cerca de 10% do público infantil que tomou o imunizante da Coronavac, já recebeu a segunda dose e completou o esquema vacinal. O intervalo de aplicação da vacina é de 28 dias, já o imunizante da Pfizer é de 8 semanas.

O estado com conta 5.061.077 casos confirmados e 165.288 óbitos desde que a pandemia começou, segundo a última atualização em 06 de março às 12h50.

Doria anunciou no dia 23 de fevereiro, última atualização de dados do estado, que as mortes por Covid-19 em São Paulo caíram pela primeira semana em 2022 após o pico de casos ocasionado pela variante Ômicron – diante das festas de fim ano.

A semana epidemiológica anterior ao dia 23 de fevereiro fechou com uma redução de 11%, indicando uma tendência de queda já comprovada pela redução das internações na última semana.

“Essa queda consolida a tendência de redução de internações e de óbitos. A vacinação foi a grande responsável por evitar que a variante Ômicron causasse uma mortalidade em grande escala em São Paulo. Milhares de vidas foram poupadas”, disse Doria na época.

Além disso, a média móvel de 7 dias de óbitos registrada na quarta-feira (23) foi a menor do mês de fevereiro, com 212 novas mortes. O pico de óbitos neste ano foi no dia 8 de fevereiro, quando o estado registrou uma média móvel de 288 mortes.

Mais atualizações, pós-carnaval, serão compartilhadas na coletiva de imprensa nesta quarta-feira (09).

Calculadora de renda fixa
Baixe uma planilha gratuita que compara a rentabilidade dos seus investimentos de renda fixa: send Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados. check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso. error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.

The post Governo de SP decide sobre flexibilização do uso da máscara nesta semana appeared first on InfoMoney.

Desenvolvido por Direto na Web