Ibovespa hoje recua com Petrobras (PETR3;PETR4) e Vale (VALE3), mas se afasta das mínimas do dia; Azul (AZUL4) e Gol (GOLL4) sobem

B3 Bovespa Bolsa de Valores de São Paulo (Germano Lüders/InfoMoney)

13h09 – Índice de Materiais Básicos (IMAT) perde 2,54% e é o único operando no vermelho entre os setoriais

Todos os outros sobem, embora sem muita amplitude. Consumo (ICON) lidera, com mais 0,86%; seguido por Utilidade Pública (UTIL), com alta de 0,51%; Energia Elétrica (IEE), com mais 0,32%; e Imobiliário (IMOB), subindo 0,24%.

Financeiro (IFNC), com mais 0,19%; e Industrial (INDX), com mais 0,11%; oscilam mais, chegando a ficar perto da estabilidade.

HORA DO MERCADO

13h – Ibovespa segue em queda com commodities, mas se afasta das mínimas do dia

O Ibovespa se afastou das mínimas do dia, quando chegou a casa dos 107 mil pontos, e opera em baixa de 0,82%, a 108.999 pontos, mas ainda assim registra queda expressiva, refletindo a baixa das commodities na sessão desta terça-feira.

Preocupações com a Covid-19 na China e a ansiedade antes da decisão de política monetária nos Estados Unidos na quarta também afetavam a moeda e a bolsa brasileira nesta data. A próxima quarta-feira também será marcada pela decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central brasileiro.

O dólar chegou a superar os R$ 5,15 e agora opera a R$ 5,14, com alta de 0,4%. Enquanto isso, o dia é de queda para os principais contratos de juros futuros, com o DIF23 em baixa de 11 pontos-base, a 13,12%, o DIF25 em queda de 15 pontos-base, a 12,52%, o DIF27 com baixa de 13 pontos-base, a 12,35% e o DIF29 com queda de 10 pontos, a 12,47%.

O tombo dos preços do petróleo, com o contrato do brent para maio em baixa de cerca de 7% e operando abaixo dos US$ 100 o barril ameniza parte do temor de uma onda global inflacionária que empurraria BCs em todo o mundo a uma política monetária mais apertada. O minério também teve forte queda, de 4,61%, com o aumento do número de casos de Covid-19 na China.

Neste cenário, as ações da Vale (VALE3) recuam por volta de 3,5%, enquanto CSN (CSNA3) e Usiminas (USIM5) também são destaques entre as quedas. Além de Petrobras (PETR3;PETR4), com baixa de cerca de 2%, petroleiras como 3R Petroleum (RRRP3) e PetroRio (PRIO3) têm queda, ainda que menos expressivas.

Em primeiro lugar entre as baixas, contudo, estão as ações ordinárias da Magazine Luiza (MGLU3), que recuam 8% após a companhia divulgar seu balanço do quarto trimestre de 2021, depois de caírem até 12% mais cedo.

Já entre as altas, atenção para o avanço das ações de aéreas, com destaque para a Azul (AZUL4), com ganhos de cerca de 6%, enquanto Gol (GOLL4) também registra alta, em meio à queda do petróleo.

Os investidores seguem monitorando guerra na Ucrânia. As negociações do país com a Rússia não mostraram sinais de grande avanço, enquanto aumentou o nervosismo de possíveis novas tensões entre China e Estados Unidos.

12h57 – Brasil confirma dois casos de deltacron

Um no Pará e outro no Amapá, segundo o próprio ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

A deltacron é uma variante que mistura a delta, que causou mais mortes, com a ômicron, que se espalhou com maior velocidade e amplitude.

“Essa variante que seria uma junção da omicron com a delta, né? Deltacron, que tem mais na França e alguns outros países da Europa. Nosso serviço de vigilância genômica já identificou dois casos no Brasil. Um no Amapá, outro no Pará. E nós monitoramos todos esses casos, isso é fruto do fortalecimento da capacidade de vigilância genômica no Brasil”, disse, considerando a deltacron como uma “variante de importância, que requer monitoramento”.

12h50 – Zelensky fala ao vivo no Parlamento do Canadá e é novamente aplaudido de pé

A exemplo do que aconteceu quando discursou na Câmara dos Comuns, em Londres, semana passada, também via vídeo, o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, recebeu uma demorada ovação dos parlamentares canadense.

Na sequência, o primeiro-ministro, Justin Trudeau, anunciou novas sanções contra o governo e a economia russas, além de ajuda militar à Ucrânia: “essa guerra injustificada é um erro grave, que Putin deve parar agora; os canadenses estão com os ucranianos”.

Zelensky, então, pediu mais uma vez que o Canadá apoie o fechamento do espaço aéreo da Ucrânia, algo que a OTAN se recusa a fazer. E ressaltou que as sanções contra a Rússia não são suficientes para parar a guerra: “todos precisam fazer mais para proteger a Ucrânia e parar a Rússia”.

12h45 – Ibovespa segue em queda, de 0,86%, a 108.970 pontos, mas se afasta das mínimas do dia

12h38 – Opep mantém previsão de alta na demanda global por petróleo em 4,2 milhões de bpd

12h27 – Ecorodovias (ECOR3) inclui no capex R$ 8,112 bi de nova concessão

A Ecorodovias inseriu no balanço do 4T21 o capex da nova concessão Ecovias de Araguaia de R$ 8,112 bilhões, sendo que 51% terão que ser alocados nos primeiros 10 anos da concessão.

A concessionária iniciou suas atividades em outubro de 2021 e ao longo da concessão, mais de R$ 6,2 bilhões ainda deverão ser aplicados na operação, incluindo serviços de tráfego, atendimento médico e socorro mecânico.

A Ecovias do Araguaia, além da Ecorodovias, tem participação, ainda, da GLP – Líder global em investimentos em logística. A concessionária é responsável por administrar e operar 851 quilômetros das rodovias BR-153/TO/GO e BR-080/414/GO.

12h15 – Ecorodovias (ECOR3) informa que o tráfego de veículos está 16% acima em relação a 2021

Marcello Guidotti, atual CEO da Ecorodovias (ECOR3), disse a analistas de mercado, nesta terça (15) pela manhã, na apresentação do resultado do 4T21, que “a evolução do tráfego está sendo positiva”.

Segundo o executivo, “os últimos dados que temos indicam 16% acima do realizado em 2021. Continuamos otimistas”.
O CEO informou ainda que o “mix de veículos leves, industriais e da safra (que circulam nas estradas) estão dando bons resultados. Na primeira impressão do ano, as expectativas são boas”.

12h06 – Grupo GPS (GGPS3) entregou 30% das metas de fusões e aquisições em 2022, destaca Bradesco BBI

O Grupo GPS anunciou hoje sua terceira operação de aquisição no ano, ao comprar a Sulzer Brasil, por meio de sua subsidiária In-Haus. A Sulzer Brasil presta serviços de manutenção industrial, atua no Rio Grande do Sul e outros estados, e registrou receita bruta de R$ 135 milhões em 2021. O negócio ainda está sujeito à aprovação do CADE.

“O Grupo GPS está a caminho de entregar R$ 1,6 bilhão em receitas pró-forma de negócios de M&A. Juntamente com a aquisição da Force em janeiro e da Ormec em fevereiro, o GPS entregou ~30% da meta de M&A esperada para 2022, beneficiando-se de uma confortável alavancagem financeira de 0,9x reportada no 4T21”, explica o BBI.

A classificação de GGPS3 é outperform, com preço-alvo de R$ 23,00. No momento, o ativo é negociado a R$ 14,54, uma alta de 1,11%.

12h01 – Rússia impõe sanções ao presidente dos EUA, Joe Biden

De acordo com a CNN internacional, as sanções estendem-se ao secretário de Estado Antony Blinken e outras autoridades dos EUA, disse Sergey Lavrov, ministro das Relações Exteriores da Rússia.

“Em resposta a uma série de sanções sem precedentes… a partir de 15 de março deste ano, a ‘lista proibida’ russa inclui, com base na reciprocidade, o presidente J. Biden, o secretário de Estado A. Blinken, o secretário de Defesa L. Austin e o representante do Estado-Maior, M. Milley, bem como vários chefes de departamento e figuras americanas conhecidas”, diz o comunicado.

11h52 – Ecorodovias (ECOR3) informa que o tráfego de veículos está 16% acima em relação a 2021

Marcello Guidotti, atual CEO da Ecorodovias (ECOR3), disse a analistas de mercado, nesta terça (15) pela manhã, na apresentação do resultado do 4T21, que “a evolução do tráfego está sendo positiva”.

Segundo o executivo, “os últimos dados que temos indicam 16% acima do realizado em 2021. Continuamos otimistas”.
O CEO informou ainda que o “mix de veículos leves, industriais e da safra (que circulam nas estradas) estão dando bons resultados. Na primeira impressão do ano, as expectativas são boas”.

11h46 – Morgan Stanley: ventos contrários pressionaram resultado do Magazina Luiza (MGLU3)

A análise estabelece três pontos-chaves dos resultados do 4T21 divulgados ontem: o GMV geral, que continuou a desacelerar; as margens Ebitda ajustadas que contraíram 260 pontos-base na base anual, impactado por quedas de vendas nas lojas e despesas de marketing de comércio eletrônico; e o Marketplace, que continua sendo o principal foco do Magalu em 2022.

Contudo, o Morgan segue com recomendação overweight (exposição acima da média do mercado, equivalente à compra) para a ação, com preço-alvo de R$ 13. O resultado não foi bem recebido pelos investidores e os papéis no momento despencam 8,44%, levando a R$ 4,88.

11h42 – Direcional (DIRR3) crê em mais resiliência na demanda de habitação popular

Devido ao “incremento da taxa de juros, temos sido mais cauteloso no segmento de SBPE”, afirmou a analistas de mercado, nesta terça (15), Ricardo Gontijo, CEO da construtora.

O SBPE é a linha de financiamento de imóveis oferecida por instituições financeiras públicas e privadas. A subsidiária Riva (que atende a população de rendas média e média-alta), da Direcional, trabalha com esta linha de financiamento.
O executivo afirmou que a habitação popular, segmento atendido pela construtora Direcional, tem “mais resiliência” na demanda nesse momento.

11h35 – Bradesco BBI acredita que após aumento do diesel pela Petrobras (PETR3; PETR4), a escolha pela importação deve ser a saída

As sanções autoimpostas aos combustíveis russos criaram uma situação global de escassez de combustível e vários importadores, incluindo grandes empresas, estão tendo problemas para importar combustível para vários países, como o Brasil.

“Com base em nossas verificações de canal com empresas de distribuição de combustíveis, na semana passada houve uma dificuldade incremental para encontrar cargas de diesel, situação que se normalizou nesta semana”, explica o BBI. “Alguns deles optaram por importar menos, pois estava se tornando mais difícil ganhar dinheiro com importações. Após os aumentos dos preços dos combustíveis da Petrobras, a escolha pela importação deve ficar mais fácil”.

11h28 – Direcional (DIRR3) vê custos subindo nos próximos meses

Ricardo Gontijo, CEO da Direcional (DIRR3), disse na apresentação do balanço do 4T21, a analistas de mercado, nesta terça (15) pela manhã, que o quarto trimestre do ano passado “houve um arrefecimento” nos custos.

“Daqui pra frente, com esse cenário de custos mais elevados, conviveremos com isso ao longo do ano. Os primeiro, segundo e terceiro trimestres (de 2021) foram mais fortes nos custos. O quarto foi bem mais calmo. Mas essa reversão não é tendência daqui em diante”, disse.

O executivo mantém projeções de inflação nos orçamentos. “A questão na (guerra na) Ucrânia, aumento de combustível, acredito que a gente tenha nos próximos meses custos subindo, que temos que monitorar”.

11h20 – Qualicorp (QUAL3): gestora de recursos 3G passa a deter mais de 10% das ações ordinárias da seguradora

Em comunicado ao mercado, a Qualicorp avisou que as carteiras geridas pela 3G Radar informada passaram a deter 28.483.100 ações QUAL3, o que representa aproximadamente 10,03% do capital social da companhia.

Neste momento, QUAL3 é negociado com alta de 2,99%, a R$ 15,17.

11h09 – Número de refugiados ucranianos ultrapassa a marca de 3 milhões, segundo a ONU

Os dados são da International Organization for Migration das Nações Unidas, que classificou o êxodo como a pior crise de refugiados na Europa desde a Segunda Guerra Mundial. “A paz é a única maneira de deter esta tragédia”, disse o alto comissário para os refugiados, Filippo Grandi.

‼3 million people have been displaced by the invasion in #Ukraine.

Millions more may be affected if the war does not end. pic.twitter.com/hlkB9qhJt2

— IOM – UN Migration 🇺🇳 (@UNmigration) March 15, 2022

A maioria dos refugiados ucranianos cruzou a fronteira para a Polônia e outros foram para a Hungria, Moldávia, Eslováquia e outros países europeus. Muitos também fugiram para a Rússia. Além disso, mais de dois milhões de pessoas fugiram para outros destinos dentro da Ucrânia.

HORA DO MERCADO

11h00 – Ibovespa recua 1,69%, aos 108.038 pontos, com commodities e Magazine Luiza (MGLU3)

A queda do petróleo, com o Brent recuando 6,32%, a US$ 100,14, leva as ações ordinárias e preferenciais da Petrobras (PETR3;PETR4) caírem, na sequência, 4,19% e 3,89%. A baixa de 4,61% minério de ferro no porto chinês de Dalian, com a tonelada a 756.000 iuanes, ou US$ 118,58, faz as ordinárias da Vale (VALE3) recuarem 4,40%.

Outros exportadoras de commodities como a 3R Petroleum (RRRP3), CSN (CSNA3) e Usiminas (USIM5) também são destaques entre as quedas.

Em primeiro lugar entre as baixas, contudo, estão as ações ordinárias da Magazine Luiza (MGLU3), que recuam 10,51%, após a companhia divulgar seu balanço do quarto trimestre de 2021.

Apesar de puxar o Ibovespa para baixo, com o principal índice da bolsa brasileira operando no sentido inverso das bolsas americanas, a queda das commodities dá uma folga para a curva de juros local – o rendimento do DI com vencimento em 2023 cai 13 pontos-base, para 13,11%, e o do DI para 2025 recua 20 pontos, para 12,47%. Na ponta longa, os DIs para 2027 e 2029 veem suas taxas caírem, na sequência, 17 e 14 pontos, para 12,33% e 12,44%.

A baixa das commodities é resultado, principalmente, das novas restrições impostas pela China, com cerca de 17 milhões de pessoas no país já impedidas de sair – o que deve voltar a ameaçar as cadeias produtivas globais e a recuperação econômica da segunda maior economia do mundo neste ano.

10h50 – Negociações entre a Rússia e a Ucrânia foram retomadas

O encontro havia sido interrompido ontem, com uma “pausa técnica”, o que preocupou a comunidade internacional. As conversas foram retomadas agora há pouco, segundo o negociador ucraniano Mykhailo Podolyak.

Negotiations are ongoing. Consultations on the main negotiation platform renewed. General regulation matters, ceasefire, withdrawal of troops from the territory of the country…

— Михайло Подоляк (@Podolyak_M) March 15, 2022

“As negociações estão em andamento. Consultas na principal plataforma de negociação renovadas. Assuntos de regulamentação geral, cessar-fogo, retirada de tropas do território do país”, escreveu Podolyak em uma rede social.

10h50 – Magazine Luiza (MGLU3): resultado decepciona e margens seguem sendo questão, apesar de progresso estratégico; ação cai até 10%

10h46 – União Europeia aprova 4º pacote de sanções contra Rússia

Nessa nova rodada, já antecipada ontem, os países-membros atacam principalmente as importações de aço e ferro da Rússia, além de proibir transações de crédito, retirar privilégios comerciais russos, proibir vendas de artigos de luxo e novas sanções específicas para oligarcas, membros do governo e seus familiares. Segundo a agência TASS, a lista de pessoas afetadas ainda será publicada no diário oficial da UE.

“Este quarto pacote de sanções é outro grande golpe na base econômica e logística da qual a Rússia depende para realizar a invasão da Ucrânia. O objetivo das sanções é que o presidente Putin pare essa guerra desumana e sem sentido”, disse Josep Borrell, Representante dos Negócios Estrangeiros e da Política de Segurança do bloco europeu.

10h41 – CEO da Direcional (DIRR3) critica análises da empresa nos últimos dias: “Completamente equivocado”

Ricardo Gontijo, em apresentação a analistas de mercado, criticou na abertura da teleconferência “análises ao longo dos últimos dias de preço médio de lançamento e venda de nossa empresa”. Segundo ele, “isso é completamente equivocado”.

“Na Direcional, nós temos um mix de produtos que pode variar dos grupos 1, 2 e 3 do programa Casa Verde e Amarela. Além disso, nos temos a operação da Riva (subsidiária da empresa para o segmento de renda média e média-alta)”. E seguiu: “Aqui dentro, nos ajustamos nosso produtos e lançamentos em função dos segmentos onde vemos oportunidades, atratividades e retornos. Então, quando se analisa dados trimestrais, pode haver diferenças de preços médios tanto de lançamento quanto de vendas, em função do mix lançado e vendido”.

10h38 – Preços do petróleo brent caem abaixo de US$ 100 o barril e minério de ferro tem queda com alta de casos de Covid na China

10h33 – Maioria dos setores da bolsa recuam na sessão de hoje, com destaque para utilidade pública

O índice UTIL, que mede desempenho do setor de utilidade pública, cai 1,69%, aos 6.294 pontos.

10h31 – Ações da Ecorodovias (ECOR3) operam em baixa de 0,47%, R$ 6,29, após balanço

10h29 – CEO da Magazine Luiza (MGLU3) afirma que público de baixa renda perdeu poder de compra, mas vê cenário melhorando

Frederico Trajano afirmou que inflação deteriorou resultados. “Um Brasil com impacto inflacionário é um país de poucos”, com exceção dos clientes premium, afirmou. “Esperamos que a situação se normalize rapidamente”, e que haja queda da inflação e distribuição de renda, disse.

O CEO disse ainda esperar que melhoras mais expressivas no cenário macroeconômico ocorram no segundo semestre de 2022. Ele ponderou que “pode acontecer de tudo”, mas disse que não espera “grandes surpresas”.

10h26 – Direcional (DIRR3) tem fortes resultados impulsionados por uma margem bruta robusta, aponta XP

A XP diz que a Direcional apresentou resultados sólidos no 4T21, impulsionados pela forte margem bruta de 36,7%, acima da expectativa de 36,2%, impactada positivamente por preços mais altos e melhor mix vindo do segmento da Riva, apesar dos custos de materiais sob pressão.

Assim, a corretora reitera recomendação de compra com preço-alvo de R$ 17,00.

10h20 – Ações ON da Magazine Luiza (MGLU3) despencam 7,32%, R$ 4,94, com resultados fracos no quarto trimestre

10h18 – Papéis ON da Direcional (DIRR3) operam em leve baixa de 0,18%, R$ 11,10, após divulgação de resultados fortes no trimestre

10h14 – As ações da Petrobras (PETR3;PETR4) recuam, respectivamente, 1,92%, R$ 33,71, e 2,10%, R$ 31,20

10h13 – Ibovespa abre em queda de 0,77%, aos 109.085 pontos

Ações ordinárias da Magazine Luiza (MGLU3), que publicou resultado ontem, têm maior queda do índice – puxando também as da Via (VIIA3). Vale (VALE3), Usiminas (USIM5) e PetroRio (PRIO3) também são destaques negativos, com queda das commodities.

Entre as altas, destaque para a Azul (AZUL4) e a Gol (GOLL4), que surfam na queda do petróleo.

10h10 – Ação ON da Vale (VALE3) abre em queda de 3,02%, R$ 88,83, com queda do minério de ferro na China

10h07 – Ecorodovias (ECOR3): melhorias no tráfego continuam, mas custo do Capex traz riscos, destaca XP

Para analistas, a companhia apresentou resultados neutros, com Ebitda ajustado de R$ 545 milhões (em linha com as estimativas), refletindo principalmente melhorias no tráfego dado impactos mais amenos do Covid-19, porém também refletindo o fim das concessões Ecocataratas e Ecovia Caminho do Mar em novembro 2021.

Do lado positivo, os analistas destacam a melhoria contínua do tráfego, com tráfego comparável +1,0% vs. 4T19 (período pré-pandemia). Do lado negativo, no entanto, observa-se um aumento do compromisso de capex da ordem de R$ 278 milhões, refletindo o recente aumento nos preços das commodities, especialmente o cimento asfáltico de petróleo (CAP).

A XP reitera sua postura neutra com o case de investimento da Ecorodovias.

10h04 – Ibovespa abre em queda preliminar de 0,16%, aos 109.763 pontos

10h02 -Magazine Luiza (MGLU3) prevê maiores custos logísticos com alta dos combustíveis

Questionado sobre desafios de logística, o CEO do Magalu, Frederico Trajano, afirmou que, com a alta da gasolina, o maior custo de distribuição será com transporte. Assim, produtos que percorrem grandes distâncias não têm como ser rentáveis. O foco em logística deve se basear em uma base de vendedores descentralizada e local, cada vez mais para fora do eixo Rio-São Paulo.

Magazine Luiza Magalu

Trajano destacou ainda que o Magalu ampliou de 30 cross dockings (centros de distribuição) para 272. E que as agências Magalu são utilizadas como pontos de redespachos de mercadorias pelos vendedores.

Do ponto de vista do usuário, ele afirmou que há uma reengenharia das categorias, de forma a facilitar que o consumidor local seja servido pelo vendedor local. Ele disse que a empresa investe em tecnologia de geolocalização para garantir esse processo.

10h00 – Fusão entre Aliansce Sonae (ALSO3) e brMalls (BRML3) criaria uma gigante no setor, avalia Credit Suisse

Credit Suisse diz que a combinação dos portfólios da Aliansce Sonae e da brMalls deve criar, de longe, a maior operadora de shoppings do Brasil, com vendas anuais de cerca de R$ 40 bilhões (20% de participação de mercado) e 2,4 milhões de metros quadrados de ABL (15% da ABL total). Isso é 2 vezes as vendas e 3 vezes mais área do que o segundo maior portfólio no país (Multiplan).

A nova companhia deve possuir 58 ativos com vendas mensais/m² de R$ 1,3 mil, abaixo de R$ 1,6 mil dos pares listados, mas bem acima dos shoppings não listados (R$ 0,8 mil). Em aluguel/m²/mês, o portfólio combinado deve apresentar R$ 90, abaixo dos pares listados (R$133), mas com baixo desvio padrão entre ativos, abrindo espaço para uma estratégia comercial mais eficiente.

9h55 – Frederico Trajano afirma que Magazine Luiza (MGLU3) está preparada para desafios de curto-prazo

“Nem os grandes investidores de fundos estavam preparados para o que aconteceu em inflação e juros e tiveram que ajustar suas carteiras”, afirmou o CEO da varejista.

Ele disse que a estratégia de diversificação, que vem desde 2019, continua, com busca de novas fontes de receita, mas que a empresa vem adequando sua capacidade para a demanda atual. Ele ponderou que, com a pandemia, houve maior procura dos brasileiros por bens duráveis, o que não era esperado, mas disse que a empresa se fortaleceu e se tornou líder no setor. Assim, quando houver retomada da economia, o Magalu estará bem posicionado, afirmou.

9h53 – Mahle Metal Leve (LEVE3): custos de matéria-prima elevados continuam a prejudicar margens, pontua BBI

Analistas do Bradesco BBI destacam que a receita líquida bateu as expectativas, mas os custos de matérias-primas pressionaram as margens. Também ressaltam a desaceleração do crescimento da receita do mercado doméstico OEM.

O banco mantém classificação market perform para a Metal Leve, e preço-alvo de R$ 20,00, devido aos custos de oportunidade da empresa parecem ser altos, dado o risco de valor terminal e a contração esperada dos múltiplos de negociação, dada a riscos daqui para frente; e uma avaliação pouco atraente, pois enxerga um risco de queda de 17%.

9h45 – Itaú BBA reitera classificação outperform para Suzano (SUZB3) e preço-alvo de R$ 75, após encontro com administração da empresa

A Suzano espera que a dinâmica apertada no mercado de celulose persista devido ao fornecimento restrito (interrupções planejadas e não planejadas) e desafios contínuos na cadeia logística global. Dessa forma, analistas do Itaú BBA esperam que outro aumento de preço seja anunciado para a Europa e China em abril.

Por outro lado, os preços mais altos do petróleo prejudicarão os custos de transporte e produção, mas o impacto dos preços mais altos dos fertilizantes parece limitado.

9h41 – Ecorodovias (ECOR3) reporta números “sem grandes surpresas” no quarto trimestre, avalia Credit Suisse

Para o banco, a Ecorodovias divulgou os resultados em linha com suas estimativas – o Ebitda ajustado ficou 2% abaixo de suas expectativas, mas o lucro líquido ajustado veio acima das projeções. Já as margens Ebitda no trimestre caíram, principalmente devido ao Ebitda negativo da nova Ecovias do Araguaia e maiores despesas com serviços de terceiros.

Credit Suisse mantém avaliação outperform para o papel, com preço-alvo de R$ 10,00.

9h35 – Em teleconferência com analistas, CEO do Magalu, Frederico Trajano, ressalta aquisições ao longo dos últimos anos

Segundo ele, companhia está diversificando as categorias em que atua. Ele afirmou que 45% das vendas on-line no ano, equivalentes a um GMV de R$ 20 bilhões, são de “categorias de cauda longa”, como beleza, entregas de comida, supermercados e mobiliário.

O CEO destacou a compra da KaBuM! em 2021. O site teve R$ 4 bilhões de GMV em 2021, e o executivo definiu o público “gamer” consumidor da plataforma como “fiel”. “Quase 40% desses clientes nunca compraram no ambiente da Magalu”, ressaltou. O executivo destacou ainda o GMV de R$ 4 bilhões em 2021 da Netshoes, também comprada pelo Magalu.

9h30 – EUA: Índice de preços ao produtor avança 0,8% em fevereiro, ante consenso de 0,9% de alta

Núcleo do índice, que exclui alimentos e energia, avançou 0,2%, ante consenso de 0,6%.

9h24 – Isenção para gasolina, defendida por Bolsonaro, pode ter custo de R$ 27 bilhões

9h15 – Credit Suisse: resultado do Magazine Luiza (MGLU3) foi muito fraco, com lojas físicas como destaque negativo

Em breve nota, o banco suíço destacou a baixa de 22,8% das vendas das lojas físicas no conceito vendas nas mesmas lojas (SSS, na sigla em inglês), 2,8 pontos percentuais abaixo do número esperado pela casa, que já tinha sido revisado para baixo. O desempenho do 1P (estoque próprio) também foi fraco (alta de 0,9% de crescimento na base anual), enquanto o 3P (marketplace) cresceu 60%.

Destaque negativo ainda para a rentabilidade, com margem Ebitda (Ebitda, ou lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações, sobre receita líquida) negativa (sem ser em termos ajustados) de 0,1%, e para o importante aumento das despesas com juros.

9h08 – Direcional (DIRR3) tem resultado positivo no quarto trimestre, avalia BBA

O Itaú BBA diz que a construtora apresentou um sólido conjunto de resultados, com destaque para uma melhora na margem bruta. Analistas do banco ressaltam que o bom desempenho das margens reforça o controle rígido da empresa sobre os custos de construção e, mais importante, ajuda a amenizar algumas das incertezas quanto às perspectivas de custos para o setor.

Itaú mantém avaliação outpeform para Direcional, com preço-alvo de 20,90.

9h03 – Ibovespa futuro abre em queda de 0,16%, aos 110.620 pontos

Curva de juros cai em bloco, com commodities – taxas do contrato DI para janeiros de 2023 recuam seis pontos-base, para 13,18%, e do contrato para 2025, 12 pontos, a 12,55%. Na ponta longa, rendimento dos DIs para 2027 e 2028 caem, respectivamente, 12 e 10 pontos, para 12,37% e 12,47%.

Dólar futuro recua 0,29%, a R$ 5,137, e comercial cai 0,20%, a R$ 5,109 na compra e R$ 5,11 na venda.

8h56 – Rússia admite pela 1ª vez que ofensiva não segue o planejado

8h54 – Ecorodovias (ECOR3) tem resultados no quarto trimestre em linha com mudanças na carteira, aponta BBA

O Itaú BBA comentou que os dados de tráfego divulgados anteriormente já haviam dado o tom para os números reportados, que vieram em linha com as estimativas. Conforme esperado, o término dos contratos de concessão da Ecovia Caminho do Mar e Ecocataratas no final de novembro de 2021 impactou tanto a receita líquida quanto a margem Ebitda ajustada, que foi ainda afetada por projetos ainda em ramp up.

Os resultados financeiros líquidos foram uma surpresa positiva, caindo tanto no período homólogo quanto no trimestre anterior. O banco mantém classificação outperform para Ecorodovias, e preço-alvo de R$ 15,60 frente a cotação de segunda-feira (14) de R$ 6,32.

8h42 – Direcional ([DIRR3]) tem mais um trimestre “recorde” para fechar um ano “fantástico”, diz BBI

Analistas do banco escreveram que mais uma vez ficaram positivamente impressionados com a resiliência da margem da Direcional diante das pressões de custos ainda desconfortáveis ​​do setor. Além disso, eles destacaram o recorde de lançamentos trimestrais e de vendas líquidas do trimestre.

O banco mantém classificação outperform para Direcional, e preço-alvo de R$ 20 frente a cotação de segunda-feira (14) de R$ 11,12.

8h37 – Magazine Luiza (MGLU3) teve trimestre difícil, com lojas físicas tendo desempenho muito fraco, diz Itaú BBA

Os ventos contrários macro e uma base de comparação difícil levaram a um trimestre fraco para a varejista, conforme previsto, apontam os analistas. Embora o valor da receita tenha ficado em linha com a sua estimativa, as lojas físicas tiveram desempenho pior do que o esperado, parcialmente compensado por um melhor desempenho digital.

O Itaú BBA ressalta que, nos últimos dois anos, o Magazine Luiza foi favorecido por um cenário atípico que impulsionou seus números de crescimento e resultados. Agora que esse cenário se normalizou, vê a empresa sofrendo os impactos de uma base de comparação mais dura e a necessidade de readequar sua estrutura para um cenário mais normalizado de operação.

“Apesar da recente pressão sobre o desempenho das ações, não vemos gatilhos de curto prazo para uma recuperação neste momento”, apontam os analistas. A recomendação, contudo, segue outperform (desempenho acima da média do mercado) para o papel, com preço-alvo de R$ 12.

8h30 – Para XP, Magazine Luiza (MGLU3) tem resultado abaixo das estimativas, que incorporam cenário desafiador

Os analistas da casa destacam que a dinâmica de crescimento de receita continua impactada pela fraca performance das lojas físicas frente ao cenário macro e seu impacto na demanda de bens duráveis, com GMV Total em alta de 4%, sendo que houve uma queda de 18% do GMV das lojas físicas, enquanto o canal online cresceu 17%, impulsionado pelo 3P (com alta de 60% na base anual).

A companhia teve uma despesa não recorrente de R$ 249 milhões no trimestre, enquanto a provisão de estoques feita no terceiro trimestre, de R$ 395 milhões, acabou antecipando contabilmente um efeito futuro de pressão de margem (inclusive deste trimestre). Por outro lado, o Magalu deu uma maior abertura da diversificação de produtos em sua plataforma, com as novas categorias representando 45% das vendas do e-commerce em 2021.

A recomendação da XP segue neutra, por esperar uma continuidade de resultados pressionados pelo macro no curto prazo, ainda com um preço-alvo de R$ 12, uma alta de 125% frente o fechamento de segunda-feira.

8h28 – Em Dalian, preço da tonelada do minério recua 4,61%, a 756.000 iuanes, ou US$ 118,58

8h27 – Com China, preço do petróleo volta a registrar forte queda

Barril Brent para maio recua 7,78%, a US$ 98,58. WTI para abril recua 8,1%, a US$ 94,65.

8h22 – Radar InfoMoney: Produção da PetroRecôncavo (RECV3) de fevereiro, nova aquisição da Kora (KRSA3), bateria de balanços e mais notícias

8h09 – Ambipar (AMBP3) lucra 98,8% a mais no quarto trimestre, de R$ 52,3 milhões

Segundo a empresa, o lucro líquido foi impulsionado pelo melhor Ebitda no período – o lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) cresceu 192%, totalizando R$ 185,9 milhões.

7h58 – 5 assuntos: Bolsas mundiais caem, Hang Seng despenca 5,7% com pressão de techs; petróleo e minério em baixa e mais assuntos do mercado hoje

7h53 – Ecorodovias (ECOR3) registra lucro líquido recorrente de R$ 69,3 mi no quarto trimestre, alta de 25,5%

Segundo a companhia, o resultado foi impactado, principalmente, pela provisão para manutenção, em função da revisão do cronograma de obras futuras no qual foram identificados melhorias das intervenções de obras e pelo resultado financeiro.

7h45 – Agenda do dia: Inflação ao produtor americano, primeiro dia de Copom e balanços

Na agenda do dia desta terça-feira, é destaque, entre os dados macroeconômicos, a publicação da variação de preços aos produtores dos EUA de fevereiro, marcada para às 9h30. Na mesma hora, há a publicação, também por lá, do índice de manufatura Empire State de março.

Na política, o Copom dá inicio a sua reunião para decidir o futuro da política monetária brasileira às 9h30. Além disso, o presidente da República Jair Bolsonaro e ministro da Economia Paulo Guedes participam de evento às 15h de lançamento do Novo Marco de Securitização e Fortalecimento das Garantias Agro. Às 18h, o ex-presidente Lula, atual primeiro colocado na corrida ao Planalto para 2023, participa de entrevista.

No âmbito corporativo, a Magazine Luiza (MGLU3) faz sua teleconferência às 9h, a Direcional (DIRR3), às 10h, e a Ecorodovias (ECOR3), às 11h. Após o fechamento do pregão, CVC (CVCB3), Yduqs (YDUQ3) e Taurus (TASA4) publicam seus balanços.

7h38 – Criptos hoje: Bitcoin e Ethereum caem apesar de avanços regulatórios, Fomc dá o tom e fundos cripto têm 1ª retirada em 7 semanas

7h33 – Futuros americanos têm leve queda, com investidores se posicionando com cautela antes do FOMC

Os futuros americanos recuam, mas de maneira mais leve que seus pares asiáticos e europeus – isso porque, na véspera, as bolsas da maior economia do mundo apresentaram quedas maiores do que nas duas outras regiões.

Além disso, investidores se posicionam com cautela no país, aguardando a decisão do Federal Reserve sobre a taxa de juros, marcada para sair nesta quarta-feira.

Confira o desempenho dos futuros:

  • Dow Jones Futuro (EUA), – 0,20%
  • S&P 500 Futuro (EUA), – 0,14%
  • Nasdaq Futuro (EUA), – 0,02%

7h28 – Europa recua, com Ucrânia e China no radar

Além das restrições no país asiático, os índices europeus continuam repercutindo as notícias provenientes da guerra – nesta segunda-feira, representantes da Rússia e da Ucrânia se reuniram para chegar a um cessar-fogo mas mais uma vez as negociações falharam.

Nesta terça-feira, as negociações continuam – Kyev, do outro lado, implementou um toque de recolher de 35 horas após a intensificação de bombardeios.

Veja a performance das bolsas europeias neste momento:

  • DAX (Alemanha), – 1,89%
  • CAC 40 (França), – 1,75%
  • FTSE (Reino Unido), – 1,16%
  • FTSE MIB (Itália), – 1,51%
  • STOXXX 600 (Zona do Euro), – 1,54%

7h23 – Bolsas asiáticas fecham em queda, com novas restrições na China

O índice de Shanghai, na China, foi a sua mínima em 52 semanas e o HSI, de Hong Kong, retrocedeu para seu menor nível desde fevereiro de 2016. Investidores continuam repercutindo as novas restrições no gigante asiático, impostas pelo governo do país para conter o novo aumento de casos.

  • Shanghai SE (China),-4,95%
  • Nikkei (Japão), + 0,15%
  • Hang Seng Index (Hong Kong), – 5,72%
  • Kospi (Coreia do Sul), – 0,91%

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

The post Ibovespa hoje recua com Petrobras (PETR3;PETR4) e Vale (VALE3), mas se afasta das mínimas do dia; Azul (AZUL4) e Gol (GOLL4) sobem appeared first on InfoMoney.

Desenvolvido por Direto na Web