Ladrões roubam mais 1,55 milhão em combustível para navio de guerra ancorado

Ladrões conseguiram roubar mais de £ 250 mil (R$ 1,55 milhão) em diesel destinados ao navio de guerra HMS Bulwark, pertencente à Marinha Real do Reino Unido, em um dos maiores roubos de combustível da história.

O navio de assalto anfíbio HMS Bulwark, encomendado em 1996 e lançado em 2001, é um dos dois navios de guerra da classe Albion existentes da Marinha Real britânica. Pesando 19.560 toneladas e capaz de transportar 325 marinheiros e até 405 soldados, a embarcação está passando por reparos e processos de melhorias em uma cidade portuária do condado de Devon, no sudoeste da Inglaterra, há cerca de dois anos.

O combustível não era para mover o navio, mas ativar seus sistemas elétricos enquanto ele está em reformas.

Desvio de caminhões-tanque

Segundo a imprensa local, o roubo provavelmente se estendeu por semanas, com os ladrões desviando os caminhões-tanque que deveriam levar o combustível para os geradores de eletricidade do navio de guerra. O crime foi descoberto quando guardas civis realizaram uma verificação no local.

Uma sentinela desconfiou da movimentação de um veículo que tentava deixar a Her Majesty’s Naval Base (HMNB) Devonport, sendo parado pelas autoridades. Ao que tudo indica, parte do diesel já foi vendida no mercado ilegal, aproveitando inclusive o atual momento de preços dos combustíveis nas alturas.

A Marinha Real Britânica não deu informações sobre o volume roubado mas, considerando os preços em postos de combustível na Inglaterra, £ 1,73 por litro, estamos falando em 144 mil litros. Significa que os ladrões levaram mais que sete caminhões-tanque típicos cheios de combustível.

O roubo levantou questionamentos sobre a segurança em uma das bases navais mais seguras do Reino Unido. A HMNB Devonport também é onde os submarinos nucleares britânicos são reabastecidos em seus reatores ultra-secretos. A base cobre mais de 263 hectares, com 15 docas secas, mais de 6 km de orla, 25 berços de maré e 5 bacias. Por sua vez, o Ministério da Defesa local disse em um comunicado que está ciente do que aconteceu e que não houve interrupção em suas operações.

Leia também:

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Imagem: Hmfcalum/Wikimedia Commons/CC

O post Ladrões roubam mais 1,55 milhão em combustível para navio de guerra ancorado apareceu primeiro em Olhar Digital.

Desenvolvido por Direto na Web