Mercedes-Benz quer qualificar carro com direção autônoma de Nível 3 (sem as mãos) no exterior

A alemã Mercedes-Benz começará a oferecer um sistema de direção autônoma de Nível 3 em sua terra natal ainda este ano, após receber a aprovação das autoridades locais em dezembro passado. No entanto, a montadora deseja ainda em 2022 obter aprovação semelhante não só em seu mercado doméstico.

Conforme traz a agência Reuters, a montadora vem trabalhando com autoridades dos Estados Unidos e da China para poder implementar nesses países seu potencial de direção “sem as mãos”. O Drive Pilot está sendo desenvolvido pela Mercedes-Benz como um recurso de sistema de direção automatizada condicional que permite aos motoristas tirarem as mãos e os olhos do volante em determinadas situações – mas estão muito, pois o condutor do veículo ainda precisa estar pronto para assumir o controle a qualquer momento.

Leia também:

Este Nível 3 pretendido pela montadora alemã para além da Alemanha é aquele descrito conforme a Sociedade de Engenheiros Automotivos (SAE). A partir dessa condição, o carro usa vários sistemas de assistência ao motorista e inteligência artificial para tomar decisões com base nas mudanças nas situações de direção ao redor.

Um motorista sempre alerta

As pessoas dentro do veículo não precisam supervisionar a tecnologia, o que significa que podem se envolver em outras atividades. No entanto, um motorista humano deve estar presente, alerta e capaz de assumir o controle do veículo a qualquer momento, especialmente no caso de uma emergência se houver alguma falha do sistema.

A Mercedes-Benz foi a primeira montadora a receber autorização do órgão regulador de automóveis da Alemanha para seu sistema de direção autônoma condicional, em dezembro passado. Esta liberação se deu com base nos requisitos técnicos estabelecidos nos regulamentos das Nações Unidas.

Em janeiro, a montadora anunciou uma parceria com a empresa Luminar para integrar o sensor LiDAR em seus futuros projetos de veículos autônomos de produção. Inicialmente nos modelos S-Class e EQS, o funcionamento do Ride Pilot será em tráfego intenso, em trechos pré-mapeados de rodovia, em velocidades de até 60 km/h aproximadamente – com a montadora anunciando que o recurso estará disponível no primeiro semestre deste ano.

A Volvo está desenvolvendo um sistema semelhante, conhecido como Ride Pilot, que a montadora quer lançar primeiro na Califórnia antes de expandi-lo para outros mercados. A montadora sueca não disse em que condições sua tecnologia de direção autônoma funcionará, mas disse que os primeiros testes nas rodovias do estado americano começarão também em meados de 2022.

Uma empresa que já oferece um sistema de Nível 3 é a Honda, para rodovias no Japão desde 2021. O recurso foi colocado à venda como um upgrade para o carro-chefe da empresa, o sedan Legend, no início de 2021, vendido no mercado japonês.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post Mercedes-Benz quer qualificar carro com direção autônoma de Nível 3 (sem as mãos) no exterior apareceu primeiro em Olhar Digital.

Desenvolvido por Direto na Web