Natura (NTCO3) vê lucro quadruplicar no 4º trimestre, com novos ganhos de integração da Avon

A Natura (NTCO3) registrou lucro líquido atribuído aos acionistas controladores de R$ 695,4 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), montante 292% superior ao reportado no mesmo trimestre de 2020.

O resultado foi impulsionado principalmente por novos ganhos com a integração da Avon, relacionados à otimização da estrutura corporativa, que por sua vez foi viabilizada pelo pré-pagamento dos bonds de 2022 da Avon, eliminando alguns covenants restritivos.

O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado cresceu 3,9%, totalizando R$ 1,543 bilhão.

Já a margem Ebitda ajustado atingiu 13,3% no período, baixa de 0,9 p.p. frente a margem registrada em 4T20.

A receita líquida somou R$ 11,643 bilhões entre outubro e dezembro do ano passado, baixa de 3% na comparação com igual etapa de 2020.

O lucro bruto totalizou R$ 7,585 bilhões no 4T21, queda de 1,7% em relação ao mesmo trimestre de 2020.

A margem bruta foi de 65,1% no 4T21, alta de 0,8 p.p. em relação ao 4T20.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

The post Natura (NTCO3) vê lucro quadruplicar no 4º trimestre, com novos ganhos de integração da Avon appeared first on InfoMoney.

Desenvolvido por Direto na Web