featured-image

Netflix adiciona filme inspirado no movimento de libertação de Nelson Mandela

A Netflix adicionou ao seu catálogo a produção “Silverton Siege”, filme inspirado na vida de Nelson Mandela e no posterior movimento global por sua liberdade: ‘Free Mandela’. O longa é dirigido pelo conhecido cineasta sul-africano Mandla Dube (“Kalushi: A História de Solomon Mahlangu”) e é estrelado por Thabo Rametsi, Noxolo Dlamini e Stefan Erasmus.

De acordo com a Variety, o filme se passa na década de 1980 e retrata a história do trio Silverton Siege, que em protesto pela liberdade de Nelson Mandela e uma posterior fuga da polícia, acaba se refugiando em um banco em Silverton, Pretória, e faz funcionários e clientes de reféns exigindo a libertação de Mandela em troca dos prisioneiros.

Leia mais!

“’Silverton Siege’ é meu trabalho mais forte até agora, a esperança é que os cineastas da África tenham mais oportunidades de descolonizar a narrativa de quem somos. Também espero que os jovens de hoje possam se inspirar no trio de Silverton Siege e saibam que eles têm o poder de mudar o status quo e, o mais importante, que suas histórias sejam importantes”, disse o diretor.

netflix
Netflix adiciona filme inspirado no movimento de libertação de Nelson Mandela. Imagem: rafapress / Shutterstock.com

Além dos nomes já mencionados, o elenco também conta com Arnold Vosloo, da franquia “A Múmia”, e Tumisho Masha, Michelle Mosalakae e Elani Dekker. Em seu curriculum de peso, Dube também carrega “Jiva!” (2021), série dramática produzida para a Netflix. Por seu trabalho em “Kalushi”, o cineasta foi indicado na categoria de Melhor Diretor no South African Film and Television Awards.

Quem foi Nelson Mandela?

Nelson Mandela foi um dos presidentes amis importantes da África do Sul, já que se tornou líder do movimento contra o Apartheid – legislação da época que segregava os negros no país.

Ele foi preso em 1960 acusado de conspiração e foi condenado à prisão perpétua em 1964. A prisão de Mandela gerou revolta internacional e assim deu início a campanha por sua liberdade: Free Mandela. Com o fim do regime em 1980, o presidente da África do Sul Frederik de Klerk decidiu libertar o ativista, que foi solto em 1990, após 27 anos em cárcere privado.

Em 1993, Mandela assinou junto ao presidente da época uma nova Constituição que pôs fim ao regime antigo. No mesmo ano, Mandela recebeu o Prêmio Nobel da Paz por sua luta pelos direitos civis e humano.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post Netflix adiciona filme inspirado no movimento de libertação de Nelson Mandela apareceu primeiro em Olhar Digital.

Desenvolvido por Direto na Web