Nova cultura do mercado financeiro muda ‘lifestyle’ dos profissionais e investidores

yuool

Já existiu uma época em que os profissionais do mercado financeiro atendiam apenas os grandes investidores, ficavam dentro dos bancos e vestiam exclusivamente roupas sociais. Com a nova realidade do mercado e de produtos financeiros disponíveis para os mais variados perfis, o estilo de vida destes profissionais também foi mudando.

Hoje, ficam de lado os estilos mais ‘engessados’ e entra em cena um lifestyle mais inovador, confortável e sem perder a busca pela elegância. Quem conhece muito bem este universo dos investimentos afirma que é uma mudança cultural e que veio pra ficar.

“Esse é um movimento importante de transformação do mercado, culturalmente falando, entrando no caminho das plataformas digitais. Não só a questão fisionomia e roupas, mas a pessoa se sente mais à vontade para conversar com pessoas que ela se identifica, não apenas com um homem de terno e gravata. Hoje, há espaço para todos os gêneros e perfis de investidores”, comenta Roberto Indech, que trabalha no mercado financeiro há 16 anos e acompanhou de perto essa transformação.

A frente da área de desenvolvimento de negócios de conteúdos digitais da XP, umas das maiores plataformas de investimentos do país, Indech também cita o fato dos novos produtos de investimentos atraírem os jovens.

“Esses produtos inovadores que dão novas oportunidades de investimento, junto com a facilidade de acesso à informação nos dias de hoje, são fatores que contribuem também para essa transformação de mercado. Muitos jovens se identificam com essas grandes empresas mundiais que fazem parte do seu dia a dia”.

Quem também concorda que houve uma transformação no mercado e cita os novos produtos financeiros como agente dessa transformação de lifestyle é o sócio diretor da Yuool, Eduardo Rocha. A marca de calçados virou uma referência entre os profissionais do ‘Condado’, como é conhecida a região da Avenida Faria Lima, em São Paulo, e que é polo de empresas de tecnologia e investimentos.

“Percebemos que o crescimento nas nossas vendas acompanhou a transformação do mercado, que hoje traz novos produtos e diferentes ativos, como as criptomoeadas, por exemplo, e até mesmo essa nova fase de democratização da educação financeira, o que pode ter atraído um novo perfil de investidor, mais jovem e menos ‘engessado’”, comenta Eduardo.

Criada para atrelar o bom gosto e a boa qualidade ao conforto, a Yuool penetrou inicialmente no mundo das startups, mas logo caiu no gosto dos investidores. Agora, ela se destaca como as outras marcas registradas do ‘Condado’, os patinetes motorizados e os também famosos ‘coletinhos’, se expandindo para outros centros financeiros do país.

“Acho que todos esses fatores estão ligados a esse novo momento, mais moderno e dinâmico. O patinete, por exemplo, você pegava direto, abrindo um aplicativo, e em cinco minutos estava no seu destino. Já o colete traz uma elegância, mas também é leve e confortável”, comenta Eduardo.

É justamente nessa fase inovadora que a marca de calçados se destaca, uma vez que foca em três pilares: conforto, elegância e inovação.

“Temos, por exemplo, o Yuool Fit, que é um tênis para atletas do dia a dia, que não tem muito tempo a perder. É possível ir trabalhar com o tênis, só trocar de roupa e depois fazer a sua caminhada ou corrida”, destaca Eduardo.

Além do Yuool Fit, há ainda os modelos Yuool Tênis e o Yuool Home, para quem segue no Home Office. O sucesso entre os ‘faria limers’, como também são chamados os profissionais do mercado financeiro em São Paulo, fez com que a empresa faturasse mais de R$ 11 milhões no ano passado, o dobro do ano anterior.

Para 2022, a projeção também é de um crescimento exponencial. Para isso, a estratégia é seguir apostando na modernidade e aumentar a gama de produtos, além de iniciar a exportação para os Estados Unidos, ainda no primeiro semestre.

The post Nova cultura do mercado financeiro muda ‘lifestyle’ dos profissionais e investidores appeared first on InfoMoney.

Desenvolvido por Direto na Web