Parceria da Audi quer deixar os passageiros dos carros viajando na realidade virtual

A Holoride, que atua com implementação de tecnologia de realidade virtual (VR) em veículos, está iniciando uma parceria com a Audi. Ainda em junho deste ano (ou seja, daqui a três meses aproximadamente), headsets da startup com o software MIB 3 estarão presentes em alguns modelos SUV e sedan da marca.

Basicamente, o sistema Holoride proporciona aos passageiros do banco de trás dos veículos uma mescla do mundo físico com conteúdos virtuais para além dos filmes e jogos. Tudo em jornadas sincronizadas com o movimento do carro.

Leia também:

Viajando no mundo real e no mundo virtual

Headset de realidade virtual em frente de um veículo Audi
Imagem: Divulgação/Audi

Como vimos aqui em agosto, o conceito foi apresentado ainda na edição de 2016 da Consumer Electronics Show (CES), com a startup realizando uma demonstração tecnológica no interior de um Audi. A Holoride possui compatibilidade com o motor Unity, e já desenvolveu dois “jogos para carros” em seus óculos de realidade virtual.

Para exemplificar como funciona essa tecnologia nos veículos, um kit de desenvolvimento de software lê o interior e os arredores do carro, utilizando eles como campo de projeção dos jogos. E a projeção se altera conforme o movimento do veículo.

Ou seja, imagine o carro fazendo uma curva à direita. Se você estiver usando um headset de realidade virtual, poderá ver uma nave espacial que também voará para a direita. Se o carro acelera, a nave também acelera.

Ilustração de como funciona o sistema de realidade virtual no carro
Imagem: Divulgação/Audi

Sediada em Munique, na Alemanha, a Holoride trabalha em conjunto com a Terranet, uma empresa sueca de desenvolvimento de Sistemas Avançados de Assistência ao Motorista (ADAS). Além disso, o software de criação de realidade virtual para os veículos é de código aberto, permitindo aos desenvolvedores a criação de conteúdos diversos, inclusive conforme seus interesses comerciais.

Diversão para os passageiros, lucro para as montadoras

Bastará emparelhar o headset de realidade virtual com o veículo Audi via Bluetooth Low Energy (BLE). Os modelos Audi que deverão estar compatíveis com a tecnologia da Holoride são: A4 , A5, A6, A7, A8, Q5, Q7 e Q8, além do e-tron e e-tron GT Quattro. A tecnologia estará operacional na Europa, Canadá, Estados Unidos, Japão e China.

Headset da Holoride
Imagem: Divulgação/Audi

Tendo em vista uma expansão da tecnologia, montadoras como a Audi e desenvolvedores poderão gerar receita dos donos dos carros vendendo serviços de assinatura ou cobrando por determinados recursos. Esse mercado de realidade virtual e de realidade aumentada (AR) está projetado para atingir US$ 674 milhões (mais de R$ 3,4 bilhões) até 2025 no mundo, de acordo com um relatório da Allied Market Research.

A Holoride e a Audi, dona de parte da empresa de VR, também veem uma oportunidade para além dos passageiros do banco de trás dos veículos. Isso porque há foco no mercado de carros que não exijam a presença de um motorista. “Uma vez que os carros autônomos comecem a ser lançados, todos se tornarão passageiros”, afirma a startup.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post Parceria da Audi quer deixar os passageiros dos carros viajando na realidade virtual apareceu primeiro em Olhar Digital.

Desenvolvido por Direto na Web