Resultados comprovam a importância do investimento na própria saúde

Pensar sempre no longo prazo. O conselho recorrente de especialistas para investidores pode se encaixar também em diversos outros temas além das finanças. A saúde é o mais importante deles. Afinal, é preciso disposição física para aproveitar todas as conquistas que um plano bem-sucedido de investimento possibilita.

Não é segredo que alimentação balanceada, atividade física e a ausência de tabagismo são hábitos que contribuem para uma vida longínqua. Esses são igualmente alguns dos fatores que mais ajudam a prevenir o câncer de próstata, o segundo mais comum na população masculina no mundo. A doença acomete, em média, 62 a cada 100 mil brasileiros (1) por ano.

No mundo dos investimentos, um ativo que costuma estar presente na carteira dos investidores experiências são os ativos hedge. Eles dão proteção ao investidor quando algo inesperado acontece. É possível investir em fundos hedge (de proteção) para se prevenir com a subida do dólar, quedas de ação na bolsa de valores, entre outros.

Quando o tema é câncer de próstata, que representa 29% (2) dos diagnósticos de câncer em homens no país, o hedge (proteção) pode vir por meio de uma iniciativa de prevenção. Ou seja: diagnósticos precoces com exames regulares, especialmente para homens com 50 anos ou mais, em complemento aos hábitos saudáveis.

“Para grupos específicos com maior risco de desenvolver a doença, como aqueles com histórico familiar, esse rastreio deve ser iniciado mais cedo, por volta dos 40 anos”, afirma Fernando Maluf, Oncologista e diretor associado do Centro Oncológico da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo e um dos fundadores do Instituto Vencer o Câncer.

O Instituto Nacional de Câncer (INCA) estima que devem ser descobertos 65 mil novos casos da doença no Brasil ao longo de 2022 (2). Com diagnóstico precoce, a taxa de cura pode chegar a cerca de 90% (3). Os exames preventivos são essenciais, uma vez que a maior parte dos casos iniciais são assintomáticos.

Ou seja, assim como nos investimentos, ninguém gosta de pensar que o inesperado surja como uma realidade. Por isso, estar protegido na sua carteira ou prevenido com exames regulares e hábitos saudáveis fazem toda a diferença se esse desafio surgir no horizonte.

Como reconhecer os sintomas

A próstata é uma glândula do sistema reprodutor masculino localizada abaixo da bexiga e à frente do reto, que se assemelha a uma castanha e pesa cerca de 20 gramas. A sua principal função é a produção de nutrientes e fluidos que constituem o esperma. (4)

Os sintomas do câncer de próstata geralmente aparecem em fases mais avançadas da doença. Fazem parte da lista dificuldade para urinar, jato fraco e vontade de urinar com frequência. Pode haver, também, perda de peso, cansaço e eventuais dores na região.

Os exames mais comuns para o diagnóstico são a dosagem da proteína PSA no sangue e o toque retal. Embora os procedimentos sejam simples, muitos homens ainda evitam fazer os exames e acham difícil até mesmo citar eventuais desconfortos na próstata em conversa com seus médicos, o que é um erro. “A informação é a melhor forma de lidar com qualquer tabu ou preconceito em relação aos exames preventivos”, diz Maluf.

Tratamentos

O tratamento do câncer de próstata é classificado como multimodal. Isso significa que os especialistas consideram o uso de diversas terapias no processo, que podem ser utilizadas de maneira isolada ou em conjunto, de acordo com o estágio da doença.

Na prática, a abordagem prevê cirurgia, radioterapia e medicamentos que bloqueiam a produção de testosterona, o hormônio responsável por estimular o crescimento das células tumorais da próstata. “Em casos mais avançados, podemos utilizar também quimioterapia, imunoterapia, entre outros tratamentos”, afirma Maluf.

Novembro azul

Os cuidados com a saúde são válidos o ano todo. Mas é em novembro que o tema ganha ainda mais visibilidade. A campanha “Novembro Azul” – que ressalta a desconstrução de barreiras que por vezes impedem os homens de realizar os exames de prevenção do câncer de próstata – teve início em 2003, na Austrália, e foi adotada pelo Ministério da Saúde do Brasil em 2011.

Desde então, todo penúltimo mês do ano, os homens são lembrados da necessidade de realizar diagnósticos de rotina. Afinal, somente com a saúde em dia é possível usufruir das conquistas pessoais e financeiras.

A prevenção também pode se traduzir em economia de recursos. Dados da Organização de Cooperação e de Desenvolvimento Econômico (OCDE) apontam que para cada dólar investido em prevenção, 4 dólares são economizados em serviços de saúde. “Isso, obviamente, também vale para a Oncologia”, diz Maluf.

Mais informações sobre o tema podem ser acessadas no site da Libbs.

The post Resultados comprovam a importância do investimento na própria saúde appeared first on InfoMoney.

Desenvolvido por Direto na Web