Rússia proíbe entrada de Biden, Blinken e outras autoridades dos EUA

LONDRES (Reuters) – A Rússia anunciou nesta terça-feira que colocou o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, e outras autoridades de alto escalão do governo norte-americano na lista de pessoas proibidas de entrarem no país.

Os nomes deles –juntamente com os do secretário de Defesa, Lloyd Austin, do chefe da CIA, William Burns, do conselheiro de Segurança Nacional, Jake Sullivan, entre outros– foram incluídos em uma lista de 13 pessoas vetadas pela Rússia em resposta às sanções impostas por Washington contra autoridades russas. A ex-secretária de Estado Hillary Clinton também foi alvo.

O Ministério das Relações Exteriores da Rússia, no entanto, manteve as relações oficiais com os EUA e, se necessário, garantirá que contatos de alto nível com pessoas dessa lista possam acontecer.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

The post Rússia proíbe entrada de Biden, Blinken e outras autoridades dos EUA appeared first on InfoMoney.

Desenvolvido por Direto na Web