Smart Fit (SMFT3) registra alta de 24% no prejuízo no 4º trimestre, com alta na depreciação por expansão de lojas

A Smart Fit (SMFT3), uma das maiores redes de academias do mundo, registrou prejuízo líquido de R$ 110,2 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), o que representa um crescimento de 24% em relação ao mesmo trimestre de 2020.

A companhia explica que “a elevação do prejuízo foi ocasionada principalmente pelo crescimento de R$ 43,0 milhões na depreciação, em razão da adição de 130 academias próprias nos últimos 12 meses.

O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) cresceu 364%, totalizando R$ 36 milhões, devido à continua recuperação da base de clientes, com consequente expansão da receita e diluição de custos.

Já a margem Ebitda atingiu 6,6% no período, alta de 4,6 p.p. frente a margem registrada em 4T20.

Receitas do balanço da Smart Fit

A receita líquida somou R$ 546,4 milhões entre outubro e dezembro do ano passado, alta de 42% na comparação com igual etapa de 2020.

Segundo a companhia, o aumento da receita se deve ao crescimento de 18% da base média de clientes de academias próprias.

A geração de caixa da companhia atingiu R$ 51,4 milhões no 4T21, contra R$ 35,1 milhões negativos do 4T20.

O lucro bruto caixa totalizou R$ 184,8 milhões no 4T21, crescimento de 47% em relação ao mesmo trimestre de 2020, devido à forte recuperação de receita, diluição de custos fixos e foco na gestão de custos.

No 4T21, o capex foi de R$ 296,4 milhões, superior ao 4T20, devido à construção e adição de 53 academias próprias à rede, versus 27 no 4T20. O capex de manutenção totalizou R$ 27,7 milhões, ante R$11,4 milhões no 4T20, devido à reabertura das academias e, portanto, elevação da utilização das academias.

A Smart Fit encerrou 2021 com nível recorde de clientes após sete meses consecutivos de recuperação de base, adicionando 244 mil no 4T21 e 700 mil desde o início da retomada em junho.

Smart fit reduz alavancagem financeira

A dívida líquida da companhia ficou em R$ 78 milhões no final de dezembro de 2021, contra R$ 1,769 bilhão do mesmo período de 2020.

O indicador de alavancagem financeira, medido pela dívida líquida/Ebitda ajustado, ficou em 0,18 vez em dezembro/21, queda de 5,51 vezes em relação ao mesmo período de 2020.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

The post Smart Fit (SMFT3) registra alta de 24% no prejuízo no 4º trimestre, com alta na depreciação por expansão de lojas appeared first on InfoMoney.

Desenvolvido por Direto na Web