Stone (STOC31) lucra 90,6% a menos no 4º trimestre; mas ações disparam 23% em NY

A Stone (STOC31) registrou lucro líquido ajustado de R$ 33,7 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), o que representa um crescimento de 90,6% em relação ao mesmo trimestre de 2020, impactado principalmente pelo aumento de despesas financeiras.

O lucro ajustado por ação foi de R$ 0,13 no 4T21, recuo de 88,7% na comparação com o 4T20. Após divulgar os seus resultados, as ações na Nasdaq, sob o código STNE, disparavam 23,20%, por volta das 18h30.

Após adequar seus preços a partir de novembro de 2021, a companhia espera que a rentabilidade melhore já no primeiro trimestre de 2022.

A receita líquida somou R$ 1,873 bilhão entre outubro e dezembro do ano passado, alta de 87% na comparação com igual etapa de 2020.

A companhia adicionou 377.700 novos clientes líquidos no quarto trimestre, um novo recorde, ganhando participação de mercado no Brasil. Com isso, atingiu 1,8 milhão de clientes de pagamento, bem acima das expectativas.

O último trimestre de 2021 também foi de crescimento nas operações de banking, que atualmente contam com 491,5 mil clientes ativos, somando mais de R$ 2 bilhões em depósitos. Esses clientes realizam pagamentos de contas, transações via PIX e pagamentos com cartão, entre outros serviços.

O volume total de pagamentos (TPV, na sigla em inglês) consolidado (ex -Coronavoucher ) cresceu 55% ano a ano durante o trimestre, enquanto o TPV das MPEs cresceu 87% ano a ano, acelerando em relação ao trimestre anterior.

Guidance 2022

A Stone estima receita totais entre R$ 1,850 bilhão e R$ 1,9 bilhão no 1T22, crescimento de +113% a 119% ano contra ano (67% a 72% proforma para Linx).

Em relação ao TPV de micro, pequenas, médias empresas (MSMB, na sigla em inglês), a companhia espera fique entre R$ 58,5 bilhões e R$ 60,0 bilhões, ou um crescimento de 79% a 83% ano a ano.

Além disso, projeta menor ritmo de adições de clientes líquidos no 1T22, como efeito natural de maiores ondas iniciais de reprecificação iniciadas no 4T21;

Espera-se que o lucro antes de impostos ajustado seja superior R$ 140 milhões no 1T22, em comparação com R$ 17,2 milhões no 4T21;

Por fim, a companhia informou que continuará investindo em suas vias de crescimento e prioridades estratégicas, ao mesmo tempo em que melhora as margens.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

The post Stone (STOC31) lucra 90,6% a menos no 4º trimestre; mas ações disparam 23% em NY appeared first on InfoMoney.

Desenvolvido por Direto na Web