Transações diárias feitas por Pix batem recorde

Mais um recorde foi batido pelo Pix na última sexta-feira (4). O serviço de transferência de valores online criado pelo Banco Central do Brasil (BC) foi usado para exatamente 58.531.277 operações em tempo real apenas naquele dia, atingindo sua melhor marca desde que foi lançado, há pouco mais de um ano.

No mês passado, o Pix somou 1,1 bilhão de transações. Mas, a quantidade ainda não chegou ao maior número de operações registradas, recorde de dezembro de 2021, com 1,4 bilhão de transações. Em janeiro deste ano, por exemplo, foram 1,3 bilhão. Mas, vale lembrar que fevereiro tem três dias a menos que os dois meses anteriores.

Leia mais:

Ainda de acordo com o Banco Central, nos dados mais atualizados, referentes ao mês de fevereiro, existem no Brasil 408,6 milhões de chaves ativas. Do total, a maioria usa o registro aleatório, com 153 milhões. Em seguida, estão os usuários que usam o CPF como código, com 100,9 milhões.

Pix
O Pix deve ser o método de pagamento mais usado por brasileiros em uma década. Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

As informações do BC também mostram que 87,8 milhões, entre os usuários, tem o número do celular como chave Pix. Outros 59,9 milhões utilizam o e-mail para realizar as transações. Claro, há ainda aquelas pessoas que usam mais de um desses itens cadastrados como chave, além de ter contas em diferentes bancos.

53,4% da população brasileira usa Pix

Por isso, essas mais de 400 milhões de chaves de transferência instantânea pertencem a 122 milhões de usuários brasileiros. A maioria é de pessoas físicas, com 113,6 milhões, ou 53,4% da população do país. Já os outros 8,4 milhões de usuários do Pix são pessoas jurídicas, como empresas e associações civis, de acordo com a Agência Brasil.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Transações diárias feitas por Pix batem recorde apareceu primeiro em Olhar Digital.

Desenvolvido por Direto na Web